Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
07.08.2020

Cigarro x saúde bucal: pode amarelar os dentes? Causa mau hálito? Descubra os malefícios do tabagismo e motivos para parar de fumar

Fumar faz mal à saúde: você provavelmente já deve está cansado de saber disso, mas, mesmo com tantos avisos, não consegue largar o vício de jeito nenhum. Abandonar o cigarro é, de fato, uma tarefa difícil, mas não é impossível. Existe uma lista interminável de benefícios ao parar de fumar, entre eles estão: o aumenta da expectativa de vida, além da melhora da saúde do seu organismo e dos dentes. O Sorrisologia explicou os perigos do cigarro (seja ele eletrônico ou tradicional) para o seu sorriso, duas maneiras para parar de fumar e todas as vantagens ao largar esse mau hábito de vez.

1. Fumar faz mal à saúde bucal: entenda alguns dados importantes

Há quem duvide dos malefícios do cigarro para a saúde. Para provar esse fato, separamos alguns dados importantes da OMS: são mais de 50 doenças diferentes causadas pelo cigarro, principalmente as cardiovasculares, como o infarto, doenças respiratórias e o câncer. Para aqueles que desejam abandonar o vício, existem muitos benefícios. Você sabia que bastam 20 minutos após fumar o último cigarro para a pressão sanguínea diminuir, as batidas cardíacas voltarem ao normal e a pulsação cair? E com 8 horas sem fumar já é possível que o nível do oxigênio se normalize e se iguale ao de uma pessoa não- fumante? Imagina se você abandonar o hábito de vez.

2. Cigarro tradicional x cigarro eletrônico

Cigarro eletrônico: pode se apresentar de diversas formas. Em alguns casos eles se assemelham aos tradicionais, mas também podem vir na forma de charutos, cachimbos, lanternas ou de um pequeno maço de cigarros com tubo de ar.

Cigarro tradicional: há o processo de combustão, onde ocorre a queima do fumo e diversas substâncias são liberadas. Isso é o fator mais preocupante, já que facilita a inalação e absorção da fumaça tanto pelo fumante e quanto pelas pessoas ao seu redor

3. Cigarro eletrônico faz mal?

Muita gente não sabe e até procura essa opção por pensar que não faz nenhum mal à saúde. Embora pareça inofensivo, o consumo de nicotina pelo cigarro eletrônico pode ser igual ou até maior em comparação ao  tradicional, as chances de aumentar a dependência química são bem altas. Mas isso está longe de ser o único problema que o cigarro pode provocar, já que esse hábito também é responsável por trazer inúmeros problemas para a saúde do paciente.

4. Fumar causa câncer de boca?

O cigarro é o principal agravante do desenvolvimento de vários tipos de câncer de boca. Informações do INCA ainda apontam que a fumaça do cigarro é uma mistura de aproximadamente 4.720 substâncias tóxicas diferentes. Todas elas atuam sobre diversos sistemas e órgãos do corpo humano, contendo mais de 60 cancerígenos. Que perigo!

5. O cigarro deixa os dentes amarelados?

O cigarro é um vilão para a saúde e estética do sorriso, não é à toa que grande parte dos fumantes possui dentes amarelados e escuros. Esse escurecimento ocorre devido às substâncias presentes em sua composição, como a nicotina e o alcatrão - alguns dos responsáveis por esse cenário. No caso da nicotina, por exemplo, ela acaba acumulando-se nas superfícies dos dentes, o que os deixa com a aparência mais escura. Esse composto também contribui para o acúmulo de tártaro acelerado e mau hálito.

6. Quem faz clareamento pode continuar a fumar?

O cigarro é uma grande barreira na hora de deixar os dentes mais brancos. Isso porque a nicotina é responsável por causar pigmentação na mucosa e nos dentes. Assim, por mais que o clareamento dental seja feito da melhor maneira possível, as manchas sempre vão voltar. Os pigmentos irão impregnar novamente na estrutura dentária, causando o escurecimento ou amarelamento dos dentes. Por este motivo, o mais indicado para esses pacientes, é a suspensão do cigarro durante e após o tratamento.

7. Malefícios do cigarro para a saúde bucal

O tabagismo é uma doença que tem relação com aproximadamente 50 enfermidades, dentre elas:

- Vários tipos de câncer (pulmão, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero, leucemia);

- Doenças do aparelho respiratório (enfisema pulmonar, bronquite crônica, asma, infecções respiratórias);

- Doenças cardiovasculares (angina, infarto agudo do miocárdio, hipertensão arterial, aneurismas, acidente vascular cerebral, tromboses);

- Úlcera do aparelho digestivo;

- Osteoporose;

- Catarata;

- Impotência sexual no homem;

- Infertilidade na mulher;

- Menopausa precoce

- Complicações na gravidez. 

8. Pare de fumar: duas maneiras de abandonar o vício

1) Parada imediata: como o próprio nome já diz, esse método requer prontidão. Ou seja, você basicamente vai estipular uma data em que vai parar de fumar, e a partir desse dia nenhum cigarrinho deve entrar mais na sua boca. Pode parecer loucura, mas cortar o mal pela raiz de uma vez só às vezes é a melhor forma de lidar com algo.

2) Parada gradual: um passo de cada vez também é super válido! E dá para fazer isso de duas maneiras: tanto com a redução do número de cigarros por dia, quanto adiando a hora em que você fuma o primeiro cigarro do dia. O processo deve levar em torno de, no máximo, duas semanas, para que surta efeito e você não desista no meio do caminho.

9. Benefícios para quem larga o cigarro

- O ritmo cardíaco e a pressão arterial se estabilizam.
- O nível de monóxido de carbono no sangue normaliza.
- A circulação sanguínea melhora e a função pulmonar aumenta.
- A tosse e a falta de ar diminuem.
- O risco de desenvolver uma doença coronariana cai pela metade.
- O risco de ter um acidente vascular cerebral é reduzido ao de um não fumante.
- O risco de câncer de pulmão cai para cerca de metade em relação a um fumante e o risco de câncer de boca, garganta, esôfago, bexiga, colo do útero e pâncreas também diminui.
- O risco de doença cardíaca coronária é o mesmo de um não fumante.

Que tal tomar essas dicas como um incentivo para parar de fumar? O melhor momento é sempre o agora! 

Mais Matérias: Dentes
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento tecnológico
Dentes
Cirurgia guiada odontológica: dentista esclarece 5 dúvidas sobre o procedimento...
Você já ouviu falar em cirurgia guiada? Na odontologia, qualquer tipo de procedimento cirúrgico...
com a participação de:
Daniele Machado
CRO-RJ 26.953
Diastema precisa ser corrigido? Entenda em quais casos é necessário o ajuste desse espaço entre os dentes
Dentes
Diastema precisa ser corrigido? Entenda em quais casos é necessário o ajuste desse...
O diastema é uma característica bem marcante e conhecida no sorriso de muita gente, inclusive de...
com a participação de:
Caroline Malavasi
CRO /RJ 38947
Perdi um dente: o que fazer? É possível reimplantar? Como isso pode acontecer e como prevenir o problema?
Dentes
Perdi um dente: o que fazer? É possível reimplantar? Como isso pode acontecer e como prevenir o...
Engana-se quem pensa que perder um dente é algo incomum. Na verdade, existe uma série de fatores que podem contribuir para a perda dentária, como má higiene bucal, doenças periodontais e traumas. Mas, independente do fator causador, uma coisa é certa: conversar com um dentista para avaliar a...
5 anos cuidando do seu sorriso! Reveja alguns dos conselhos mais valiosos sobre saúde bucal que você aprendeu com o Sorrisologia
Dentes
5 anos cuidando do seu sorriso! Reveja alguns dos conselhos mais valiosos sobre saúde bucal que...
Cuidar bem dos seus dentes vai muito além da higiene bucal . É claro que um sorriso saudável precisa de escovação, fio dental e o uso de um bom enxaguante, mas isso não é tudo! Também é importante se atualizar sobre essas técnicas e buscar novas tecnologias e tratamentos no meio...
Antes e depois da fluorose dentária: conheça todas as opções de tratamento para remover as manchas brancas dos dentes
Dentes
Antes e depois da fluorose dentária: conheça todas as opções de tratamento para remover...
Manchas nos dentes são características que causam bastante incômodo . Além de ser um...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Buraco no dente pode ser cárie? Entenda os motivos dessa abertura e os riscos para a saúde bucal
Dentes
Buraco no dente pode ser cárie? Entenda os motivos dessa abertura e os riscos para a saúde bucal
Não é novidade para ninguém que a cárie pode trazer uma série de prejuízos à sua saúde bucal. Entre os mais comuns, estão a dor e a sensibilidade, que podem ser percebidas logo no estágio inicial da doença resultando em bastante desconforto. Mas será que a cárie...