Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
11.01.2016

Check-up odontológico: a importância das consultas preventivas pela saúde do seu sorriso

 Check-up odontológico é coisa séria. Com ele podemos evitar o surgimento de complicações bucais e manter o sorriso sempre saudável. Saiba mais sobre a sua importância
 O dentista Marcos Borba afirma que a consulta precisa ser feita de 6 em 6 meses para detectar doenças em fase inicial, como a gengivite. Isso ajuda para ter um tratamento mais simples 
  
 Existem casos que essa visita pode ser feita de ano em ano. Mas a regra vale apenas para o paciente que não possui histórico de doenças bucais graves e tiver gengivas saudáveis
 Check-up é um procedimento bem tranquilo feito por instrumentos convencionais como a sonda e o espelho
 Mas para que todo esse procedimento tenha efeito é necessário manter os hábitos higiênicos em dia, como o uso da escova e do fio dental
 Não se esqueça de terminar todo esse ritual com um bom enxaguante que cuida do seu sorriso, proporcionando refrescância e limpeza

Expert

Marcos de Borba

Marcos de Borba

CRO-RS: 12129

Graduado pela FO. Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFRGS). Mestre e Especialista em Ortodontia. Sócio Proprietário da Clínica Marcos de Borba.

A prevenção é o melhor remédio. Essa conduta pode evitar um monte de doenças e complicações relacionadas ao nosso corpo, incluindo o universo bucal. Uma simples forma de praticá-la é realizando o check-up odontológico preventivo. E nada melhor que usar o início do ano para isso dentro dos planejamentos que você já costuma fazer nessa época. Essa consulta ajuda a manter sua boca sempre saudável. Venha saber mais sobre a importância desse planejamento com as explicações do dentista Marcos de Borba.

Começar o ano com a saúde bucal em dia

Quem não gostaria de iniciar o ano novo com um sorriso bonito e saudável? Ainda mais após todas aquelas guloseimas festivas. Com o check-up odontológico é possível. O profissional explica que esta consulta precisa ser feita regularmente, cerca de 6 em 6 meses. "Esta indicação é feita a fim de detectar doenças em fase inicial como cárie ou infecções gengivais, possibilitando um tratamento menos agressivo", comenta ele.

Em alguns casos específicos, a consulta pode ser anual

Há casos em que a consulta pode ser anual, isso vai depender da situação de cada pessoa. "Pacientes que possuem inúmeras restaurações, histórico lesões de cáries ou doenças da gengiva são considerados de riscos. Para esses está indicado a revisão semestral. Já para aqueles que praticamente não possuem restaurações e têm gengivas saudáveis, além de não fumarem, as revisões podem ser mais espaçadas, 1 vez por ano", orienta o ortodontista.

É um procedimento bem simples

Marcos garante que o procedimento é muito simples e evasivo. "O check-up pode ser feito pelo seu dentista tanto com instrumentos convencionais como sonda e espelho, ou com o uso de câmera digital intraoral que aumenta em até 70x a imagem", explica. O profissional conta que com esta tecnologia, o paciente pode acompanhar o que está sendo feito na sua boca durante a inspeção e possibilita uma maior visibilidade de cáries em fases bem iniciais ou falhas em restaurações antigas.

É possível prevenir até mesmo o câncer de boca

Através do check-up podemos detectar a presença de doenças bucais em seus primeiros estágios. "Tártaros, inflamações gengivais, defeitos ou infiltrações em restaurações antigas e até mesmo lesões de tecidos moles em língua e bochecha, como o próprio câncer de boca". Assim, o tratamento fica mais simples para sua saúde.

Aplicação de flúor e instruções de higiene bucal 

Para que esse check-up tenha bons resultados é importante seguir as recomendações que seu dentista faz. Marcos diz que indica aos seus pacientes uma aplicação de flúor preventivo nos dentes e revê os métodos de higiene bucal. "Se necessário, são dadas instruções de uso adequado da escova e fio dental. Pois, somente como uma higiene adequada o paciente terá plena saúde. Esta é a maior prevenção", conclui.

Enxaguante bucal reforça o flúor

Diferente do que muitos pensam, o enxaguante bucal não serve para arder na boca. Muito pelo contrário, o verdadeiro enxaguante não arde e cuida do seu sorriso, proporcionando refrescância e limpeza total. Escolha produtos sem álcool e que contenham o flúor, assim, ele não só limpa como protege dos germes causadores de placa, mau hálito e gengivite.

Mais Matérias: Saúde Bucal
Enxaguante bucal pode substituir a escovação dos dentes?
Saúde Bucal
Enxaguante bucal pode substituir a escovação dos dentes?
A higiene bucal é um autocuidado que não pode ser substituído por nada! Através desse...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
7 novas tecnologias na ortodontia que fazem diferença no tratamento ortodôntico
Saúde Bucal
7 novas tecnologias na ortodontia que fazem diferença no tratamento ortodôntico
Você sabia que a ortodontia caminha junto com a tecnologia? O tratamento ortodôntico por si só...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Afta na boca: qual é o melhor tratamento? Como prevenir essas lesões?
Saúde Bucal
Afta na boca: qual é o melhor tratamento? Como prevenir essas lesões?
Dentre os problemas bucais mais comuns, a afta é certamente um dos mais incômodos. Além de...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237
Profilaxia dental: por que fazer? 6 problemas bucais que o procedimento é capaz de prevenir
Saúde Bucal
Profilaxia dental: por que fazer? 6 problemas bucais que o procedimento é capaz de...
Ir ao dentista tem uma porção de vantagens. Desde tratar uma incômoda dor de dente , até...
com a participação de:
Sandra Regina de Oliveira Torres
CRO-SP:113237
Tratamento para mau hálito: qual é o melhor remédio? Como evitar? A higiene bucal é suficiente? Conheça 5 causas desse odor
Saúde Bucal
Tratamento para mau hálito: qual é o melhor remédio? Como evitar? A higiene bucal é suficiente?...
Não dá para negar: o mau hálito é um verdadeiro incômodo. Embora ainda seja considerado um tabu por alguns pacientes, o quadro - que também é conhecido como halitose - é mais comum do que se imagina e pode ter diferentes causas. A boa notícia é que existem alguns cuidados, que...
Harmonização facial pode ser feita por um dentista?
Saúde Bucal
Harmonização facial pode ser feita por um dentista?
Em uma visita ao dentista, você consegue tratar e prevenir doenças bucais, como a cárie , fazer...
com a participação de:
Rita Ventura
CRO-RJ: 42601