Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
01.08.2017

Cáries: frequência de consumo de doces é mais prejudicial do que quantidade ingerida uma única vez. Entenda!

Você sabia que o principal fator prejudicial para a saúde bucal é a frequência de ingestão de doces? O especialista tira dúvidas sobre o assunto
Você sabia que o principal fator prejudicial para a saúde bucal é a frequência de ingestão de doces? O especialista tira dúvidas sobre o assunto

Expert

Robson Caumo

Robson Caumo

CRO-RJ: 30043

Clínico geral atuante na área de DTM; Ortodontia e Ortopedia dos Maxilares; Odontologia do sono (tratamento do Ronco e Apneia) e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dor Orofacial (SBDOF).

Quem não já almoça pensando na sobremesa? Fora aquelas vezes em que, além da sobremesa, ainda surge vontade de comer mais doce ao longo do dia. No entanto, o consumo de açúcar com frequência contribui mais para o aparecimento de cáries do que ingerir a mesma quantidade, ou até mais, uma única vez. Você sabia disso? O dentista Robson Caumo ajuda a esclarecer esse assunto.

De que maneira o açúcar contribui para o aparecimento de cáries?

“O açúcar, especialmente o refinado, é como o combustível das bactérias causadoras da cárie”, explica o dentista. A ingestão dele é um dos grandes fatores que facilitam o desenvolvimento de cáries. Isto porque a sacarose (composto do açúcar) contribui para a fermentação bacteriana, que produz o ácido lático e corrói a superfície do dente, gerando a doença cárie.

Alimentos doces aumentam as chances de cáries

Os principais causadores de cáries nos dentes são os carboidratos refinados, como por exemplo, o pão branco, doces e bebidas adoçadas com açúcar. Esse tipo de alimento possui um alto índice glicêmico (velocidade de transformação do carboidrato em glicose), que contribui para o aparecimento de cáries. “Costumo falar para meus pacientes que biscoitos recheados, por exemplo, têm um potencial cariogênico maior que um punhado de açúcar” conta o profissional. Alimentos como estes deixam uma quantidade considerável agarrada entre os dentes. Esses restos são degradados e são consumidos pelas bactérias, aumentando as chances de aparecerem cáries.

Adeus doces ??

Respire aliviado porque para fins de saúde bucal não é necessário que você pare de consumir doces de uma vez. No entanto, é recomendável, como uma atitude prudente, diminuir a ingestão desse tipo de alimento. “Outro hábito que ajuda na diminuição do risco de cárie é escovar bem os dentes após consumir estes alimentos açucarados”, completa Robson.

O consumo frequente de doces é mais prejudicial para a saúde bucal

Uma pessoa que ingere uma grande quantidade de doces de uma vez só terá tudo metabolizado de imediato. Mesmo recebendo esse “caminhão de doces”, as bactérias metabolizam e nada mais. No entanto, o consumo de doces ao longo do dia é mais prejudicial, conforme explica o ortodontista, “A pessoa está sempre mantendo um nível perigoso desses ácidos corrosivos que as bactérias produzem”, diz. Assim, os dentes ficam mais expostos nessas condições e contribui para o aparecimento de cáries. Dessa maneira, percebe-se que o risco de cárie está na frequência da ingestão de doces, e não na quantidade total dos alimentos. Fique atento e previna-se!

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Robson Caumo - Ortodontista e Especialista em DTM
Niterói - RJ
CRO-RJ: 30043

Mais Matérias: Cárie
Posso cuidar das cáries em casa?
Cárie
Posso cuidar das cáries em casa?
Não é incomum encontrar uma cárie no dente e lidar com os diferentes sintomas que esse...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
O que é uma cárie inativa?
Cárie
O que é uma cárie inativa?
A cárie é um problema bastante comum na vida da população brasileira. Ela é causada por bactérias acumuladas na boca que destroem o esmalte dos dentes . Como esses microorganismos são imperceptíveis ao olho humano, cuidar dos dentes se torna algo essencial para evitar esse problemas e zelar pela...
O que pode causar um dente furado? Cárie, fratura, desgaste na obturação... conheça 5 fatores
Cárie
O que pode causar um dente furado? Cárie, fratura, desgaste na obturação... conheça 5...
Ter bons hábitos alimentares e uma rotina regrada de higiene bucal é imprescindível para...
com a participação de:
Ana Araújo
CRO-RJ: 19.220
Dente furado: o que fazer? É possível recuperá-lo? Quais são as causas do problema bucal? Dentista explica!
Cárie
Dente furado: o que fazer? É possível recuperá-lo? Quais são as causas do problema...
Você notou a presença de um dente furado na boca? Esse problema é muito comum em pessoas que...
com a participação de:
Kalina Diniz
CRO-SP: 110560
Cárie de mamadeira: o que é, como pode afetar a saúde bucal do bebê, tratamento e as principais dúvidas sobre a doença
Cárie
Cárie de mamadeira: o que é, como pode afetar a saúde bucal do bebê, tratamento e as...
A cárie é uma doença bucal que atinge todas as idades . Mas, por sua principal causa ser o...
com a participação de:
Simone Rocha de Moraes Bastos
CRO-RJ: 40813
Cuidados após o tratamento de canal: o que comer? O que evitar? O dente perde a sensibilidade? Entenda o que muda depois do procedimento
Cárie
Cuidados após o tratamento de canal: o que comer? O que evitar? O dente perde a sensibilidade?...
O tratamento de canal é, certamente, um dos procedimentos odontológicos mais conhecidos entre os pacientes. Acontece que, como qualquer outra cirurgia delicada, o tratamento de canal também exige alguns cuidados específicos durante o pré e pós-operatório, que podem variar de acordo com cada paciente e...