A cárie é a mais conhecida doença bucal, todo mundo já ouviu falar dela. Esse quadro é causado por bactérias que atacam os dentes e podem causar dor, principalmente se o tratamento demorar para ser iniciado. Nem todo mundo sabe, no entanto, que existem diferentes tipos de cárie, entre elas a cárie crônica, que costuma se desenvolver mais em adultos. A estomatologista Dulce Cabelho explica tudo o que você precisa saber sobre essa doença e como evitá-la!

O que é a cárie crônica?

Já sabemos que a cárie é uma doença que acomete os dentes, e que pode ser causada pelos restos de alimentos presentes na nossa boca. O tipo crônico, por sua vez, apresenta algumas características específicas. “Cárie crônica é a desmineralização do esmalte dentário, porém o processo é mais lento e geralmente ocorre em adultos”, esclarece a profissional.

Quais são as causas desse quadro?

Apesar de serem tipos diferentes, com características próprias, as causas da cárie crônica não se diferenciam do outro tipo, a aguda, e podem ser variadas. “A etiologia é multifatorial: o fator genético, dieta rica em açúcar e carboidrato e ausência ou higiene bucal precária”, lista a dentista.

Como perceber que estou com esse problema bucal?

Os sintomas dessa doença podem ser um pouco difíceis de ser identificados. Segundo Dulce, geralmente pacientes com cárie crônica não tem sintomas, o profissional identifica a doença pela coloração do dente ou pela destruição da coroa, com a formação de um buraco. “As modificações de coloração do dente ou a presença de cavidades são fatores que podem identificar a presença de cáries crônicas”, explica ela.

Saiba quais são os tratamentos da cárie crônica

O tratamento dessa cárie vai depender do quanto ela já progrediu. Se o problema evoluir, um tratamento de canal pode ser considerado pelo dentista “Podem ser feitos tratamentos restauradores de rotina em consultório odontológico e, dependendo da destruição dos tecidos dentários, eventualmente, podem evoluir para tratamento endodôntico”, afirma ela.

O paciente precisa tomar cuidados especiais nesses casos?

Os cuidados com a saúde bucal devem estar presentes sempre no nosso dia a dia. Uma boa higiene bucal, com escovação após as refeições e uso de fio dental diariamente e uma alimentação saudável podem evitar que ocorram problemas envolvendo nosso sorriso, como a cárie. Para quem já desenvolveu a doença, seja crônica ou de outro tipo, a atenção deve ser redobrada. “Todos os pacientes portadores de cáries dentárias precisam de controles periódicos em consultas odontológicas para que possam compreender como prevenir e manter sua saúde bucal”, recomenda ela.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Dulce Helena Cabelho Passarelli - Estomatologia, Patologia Bucal e Laserterapia
São Paulo, SP
CRO-SP: 35856