A busca por dentes perfeitos e mais brancos está em alta! Hoje, já existem diversas técnicas capazes de tornar o sorriso dos seus sonhos em realidade, e o seu dentista é essencial nessa jornada. Seja para fazer um procedimento estético ou para indicar algum produto que possa te auxiliar no branqueamento dental, o profissional está ali para facilitar a sua vida e garantir que você fique satisfeito com o resultado final. Com tantos métodos alternativos para deixar os seus dentes mais brancos, separamos 4 deles e conversamos com o dentista Basílio Figueiredo para te deixar antenado no que você precisa saber sobre cada técnica.

Clareamento dental: como funciona e quais os benefícios?

O clareamento dental é o procedimento mais “clássico” quando o assunto é branquear os dentes. De acordo com o especialista, isso é possível porque os agentes clareadores que são utilizados nessa técnica geram um mecanismo de oxidação com a liberação de radicais livres, e estes seriam os responsáveis pela remoção das manchas que tornam o seu sorriso mais escuro ou amarelado. É um tratamento bastante eficaz e que vale a pena investir, porque o resultado fica incrível e normalmente não deixa a desejar, desde que seja feito por profissionais qualificados, como alerta Basílio.

“O paciente fica com os dentes mais claros, já que eles voltam para sua coloração original. Além disso, há uma melhora considerável da estética e, consequentemente, da autoestima dos pacientes”. Só vantagens, né? E o melhor de tudo: o paciente ainda pode optar pelo clareamento dental caseiro, em consultório ou até mesmo fazer uma combinação entre os dois métodos. Basta trocar uma ideia com o seu dentista para entender qual é a melhor solução para você!

Pastas de dente branqueadoras realmente funcionam?

Existem produtos de higiene bucal que podem, sim, auxiliar no branqueamento, como é o caso de alguns cremes dentais. Apesar de não oferecerem exatamente o mesmo efeito de um clareamento dental feito em consultório, o profissional conta que eles podem ajudar na manutenção do tratamento executado no consultório e prolongar o efeito clareador. Isso porque, segundo ele, esse tipo de produto tem propriedades que ajudam a remover manchas extrínsecas causadas normalmente por biofilmes, cigarro e alimentos cromogênicos como cafés, chás e vinhos. 

Além disso, algumas pastas de dente, além de ajudarem no processo de clareamento também previnem a sensibilidade dentária muitas vezes causada pelo tratamento, tornando-se o complemento perfeito para a sua saúde bucal. 

Lentes de contato dentais x facetas dentárias: entenda mais sobre cada uma

Essas  técnicas estão cada vez mais populares, principalmente por serem as “queridinhas” do mundo dos famosos. Apesar de serem muito confundidas, o dentista explica que a diferença básica entre elas está na espessura e na quantidade de desgaste dentário necessário para que elas sejam colocadas. “As lentes são indicadas quando se quer modificar apenas pequenos defeitos do esmalte ou da forma dentária, podendo reduzir o espaço entre os dentes, por exemplo”. Já as facetas, por outro lado, são um pouquinho mais invasivas e precisam de desgastes maiores para transformar o seu sorriso. Elas são indicadas, principalmente, para quando os dentes apresentam restaurações manchadas ou pigmentadas.

Embora as diferenças não pareçam tão significativas assim, é importante conversar com um especialista para entender qual é o tratamento mais indicado para o seu caso. Mas uma coisa é certa: você não vai se arrepender, pois ambas oferecem um sorriso muito mais bonito, mais branco e de bônus ainda dá para corrigir algumas imperfeiçõezinhas que possam te incomodar!

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Basilio Pires de Figueiredo Filho - Especialista em prótese e endodontia
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 5859