Extrair um siso requer um procedimento cirúrgico sério. Devido ao dano nas gengivas e nos ossos da boca, é normal que, após algumas horas, ocorra um inchaço nas bochechas. Para que isso não aconteça e seu pós-operatório seja menos doloroso, é preciso seguir atentamente aos avisos e indicações do profissional. Pensando nisso, o Sorrisologia conversou com o odontologista Rodolfo Matoba, diretor comercial do instituto Matoba, e ele contou um pouco mais sobre o pós-operatório da cirurgia que mais causa medo nas pessoas. Veja a seguir!

Entenda o que faz a bochecha ficar inchada após a extração do siso e quanto tempo demora para voltar ao normal

O inchaço é um dos sinais da reação inflamatória ao trauma sofrido pelo organismo. Rodolfo explica: "Medicações pré-operatórias, como ozonioterapia e corticóides, quantidade adequada de anestesia e experiência do profissional, assim como a delicadeza pós-operatória são fundamentais para que a bochecha não fique inchada”, esclarece Rodolfo ao indicar: “Se isso ocorrer devido à complexidade do caso, sempre acontecerá cerca de 24 horas depois, e começará a diminuir após 48 horas, dependendo, é claro, da resposta individual de cada um”. Portanto, aguarde um pouco mais antes de se preocupar. “Siga corretamente as informações pós-operatórias do profissional”, ressalta o odontologista.

Saiba o que fazer para diminuir os incômodos e entenda sobre os sintomas pós-operatórios

Segundo Rodolfo, o incômodo será minimizado com as medicações prescritas pelo profissional. “O inchaço sempre diminui. Se isto não ocorrer, mantenha o profissional informado”, explica. Além disso, tome cuidado com o pós-operatório: “É importante manter a região gelada durante 24h no pós-operatório imediato. Atente-se também para os sintomas que devem ser informados ao profissional, como febre, rubor, coceira, dificuldade de higienização, perda de apetite e se a região ficar amarelada ou escurecida”, explica Rodolfo.

Você sabe o que deve evitar de fazer após a extração desse dente? Entenda!

Para um bom pós operatório, primeiramente, é importante descansar por cerca de 3 dias. “Não faça bochechos vigorosos. Caso contrário, poderá deslocar o coágulo formado na região onde o dente foi extraído”, indica o odontologista. Outro ponto importante é higienizar a região com muito cuidado. “Existem escovas especiais que são supermacias. A ozonioterapia por profissionais habilitados também ajudará muito. E, claro, evite exercícios físicos por cerca de 5 dias, assim como cigarro e bebidas alcóolicas”, ressalta.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Rodolfo Matoba - Odontologista especializado em Ortodontia e Ortopedia Facial pela APCD/UNESP Araraquara 1997.
São Paulo - SP
CRO SP 41.207