Quem sofre com aftas sempre tem a mesma dúvida: como acabar mais rapidamente com essa lesão? Afinal, essa feridinha na boca, apesar de pequena, gera um enorme desconforto, causando dor e até prejudicando ações básicas do dia-a-dia, como a mastigação, o riso e a fala, por exemplo. Embora a receitinha caseira de usar bicarbonato ainda seja frequentemente utilizada pela população a fim de fazer desaparecer os sintomas da ferida, você não deve praticá-la. O cirurgião-dentista Breno Osthoff explica mais sobre os malefícios desse hábito. Veja a seguir!

Entenda o motivo pelo qual o bicarbonato não é recomendado para casos de afta

Nós entendemos que a afta pode vir a ser bem chatinha e incômoda. No entanto, resistir a tentação de colocar um pouquinho de bicarbonato sobre ela é necessário. Isso porque, segundo Breno, o bicarbonato de sódio não é recomendado principalmente por conta de sua utilização caseira equivocada. “Embora o bicarbonato tenha ação de diminuir o ph da saliva, causando um certo alívio na dor, a forma que ele é aplicado chega a agravar a lesão, causando uma maior complexidade no tratamento profissional”, explica.

Mas afinal de contas, o que é a afta e como ela é causada?

As aftas, feridinhas pequenas formadas na boca, são arredondadas ou ovaladas, recobertas por uma membrana branco-amarelada, que tem uma mancha avermelhada em sua volta. Estas, representam uma forma comum de úlcera na boca. “Elas costumam surgir em pessoas com baixa imunidade, seja ela causada por alguma doença específica ou por uso de medicamentos, podem ser causadas por traumas ou alergias, por exemplo”, explica Breno.

Como pode solucionar o problema da afta e de quais alimentos devo abrir mão?

Primeiramente, é necessário entender que a melhor solução para a curar a afta, é a consulta com um profissional da área. “O odontologista diagnosticará a origem dessa lesão e o correto tratamento, que pode ser a retirada de um agente traumático ou a identificação de um agente alérgico, por exemplo”, explica o cirurgião-dentista. Breno ressalta também, que os quadros de afta presentes na cavidade oral acabam prejudicando, de certa forma, a alimentação, visto que esta, parece uma tarefa quase impossível quando as feridas estão presentes. Por isso, ele indica: “Alguns alimentos podem, além de causar desconforto, agravar o quadro da afta. Assim, abrir mão de alimentos muito cítricos durante esse período pode ser uma boa opção”.

Este artigo tem a contribuição do especialista: 
Breno Alex Osthoff - Cirurgião-dentista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ 47512