Talvez você não saiba, mas nosso corpo é habitado por milhares de bactérias. Esses microrganismos tomam conta de várias regiões, inclusive da nossa boca. Embora muitos sejam inofensivos e façam parte do microbioma bucal, é possível que essas bactérias, em algum momento, possam causar problemas sérios capazes de afetar nossa saúde oral. O Sorrisologia entrevistou a dentista Viviane Fellows, que esclareceu o assunto e indicou alguns cuidados para prevenir a proliferação desses vilões.

É normal ter bactérias na boca?

De acordo com a especialista, é muito comum encontrar bactérias na boca de qualquer indivíduo, na verdade, é impossível uma pessoa não ter nenhum tipo desse microrganismo dentro da cavidade oral. “Cerca de aproximadamente 50 bilhões de bactérias habitam na boca de cada pessoa, de diversos tipos. Mas, ao contrário do que pensam, nem sempre conviver com bactérias na boca pode ser definido como um malefício para a saúde”, garantiu. Inclusive, esses micróbios conseguem defender o ambiente contra a invasão de várias doenças, formando uma espécie de barreira protetora.

Quando essas bactérias podem se tornar um problema sério?

Com o passar do tempo e dependendo das condições de higiene bucal, a comunidade bacteriana pode passar a oferecer um desafio ao indivíduo que a hospeda. “Esses microrganismos podem liberar toxinas que estimulam respostas do corpo que acabam proporcionando o aparecimento de problemas, e é neste momento que precisamos nos preocupar”, atentou.

Viviane explica que nosso organismo passa a reagir a essa agressão liberando substâncias químicas que causam a inflamação da gengiva e das mucosas da boca. Outro efeito muito comum que acontece é que células do próprio corpo são ativadas e acabam reabsorvendo o tecido ósseo que dá suporte aos dentes.

Esse processo todo é caracterizado pela doença periodontal: “Gerando sangramento na gengiva, mobilidade dentária e até a perda dos dentes. Além disso, outros problemas que podem ser ocasionados por bactérias na boca são: cárie, afta, herpes e halitose”.

6 problemas bucais que essas bactérias podem causar

1. Cárie: é provocada por bactérias existentes na boca. Elas se alimentam dos restos de comida e formam placas que perfuram o dente.

2. Gengivite: a inflamação na gengiva é causada pela ação de bactérias, que irritam a o tecido gengival deixando a região vermelha, inchada e sensível, podendo provocar sangramentos. Se não for tratada, pode evoluir para uma periodontite, um tipo de inflamação mais grave. Uma má higiene oral, facilita este tipo de problema.

3. Afta: é uma pequena lesão que pode surgir em qualquer parte da boca, causando dor. Pode ser uma resposta autoimune do corpo.

5. Herpes: ela é causada por uma infecção viral, ela se apresenta em forma de pequenas bolhas ao redor dos lábios, podendo ser transmitida pelo contato com a saliva infectada.

6. Halitose: conhecida como mau hálito, é o indício de que há algo errado. Na maioria dos casos, indica que há alguma doença bucal.

Esse artigo teve participação da especialista:

Viviane Fellows
CEO do Atelier Odonto Rio, cirurgiã-dentista e pós-graduada em próstese dentária. Possui atualização em cirurgia Oral pela Associação Brasileira de Odontologia e Smile Design – DSD Team Accreditation.
Rio de Janeiro - RJ
CRO: 42816