Não é novidade que, a cada dia que passa, a tecnologia vem nos surpreendendo com inúmeros avanços. O que antes parecia improvável, hoje já é possível graças aos adventos de materiais e aparelhos ultramodernos. Você sabe como esses dispositivos vêm ajudando na odontologia? O Sorrisologia foi atrás da resposta! Confira!

1. Membrana L-PRF

A membrana de L-PRF é a mais nova e revolucionária técnica usada na odontologia. O número de profissionais que utilizam esse dispositivo - nas mais variadas aplicações - no mercado, vem crescendo a cada dia. Mas você sabe para que ela serve? Essa membrana foi desenvolvida para aumentar significativamente o tempo e a velocidade da reparação de enxertos ósseos e tecidos moles, utilizando com o objetivo de melhorar as condições e diminuir o tempo de cicatrização dos tecidos. Assim, essa técnica foi considerada mais simples e rápida de preparar e aplicar. Além disso, também tem o protocolo mais econômico desenvolvido até à hoje.

2. Tecnologia CAD/CAM e Odontologia 3D

Essas tecnologias possibilitam a confecção de dentes previamente projetados pelo computador. O dispositivo funciona da seguinte maneira: por meio de softwares, os profissionais conseguem realizar a projeção de dentes personalizados, atendendo, assim, as necessidades de cada paciente. Dessa forma, o que é levado em consideração na hora de projetar algum dente é a cor, o formato, o tamanho e o encaixe. Em seguida, o projeto é enviado para uma impressora 3D, que faz a confecção de um bloco bruto de cerâmica ou zircônia, e o transforma em um dente projetado no computador. Assim, esses dentes protéticos podem ser colados sobre os dentes naturais parcialmente deteriorados, ou sobre implantes dentários, quando a raiz já não pode ser aproveitada.

3. Novidades nos materiais utilizados em próteses

Inúmeros materiais já foram desenvolvidos com a finalidade de serem usados para a confecção de próteses dentárias, com o objetivo, sempre, de aperfeiçoá-las a fim de deixar cada vez mais parecidas com os dentes humanos. No entanto, hoje, destacam-se, principalmente, as próteses de zircônia e porcelana, que são muito comparáveis aos dentes pelo fato de serem bem branquinhas e muito resistentes. Além disso, ambos os materiais são livres de metais em sua estrutura, sendo este, um ponto positivo para as próteses.

4. Cirurgia guiada e escaneamento intraoral

Para colocação de implantes, a cirurgia guiada chegou sendo um ótimo benefício tanto para o paciente, quanto para o odontologista. Isso porque, nesse tipo de cirurgia, pode-se simular o resultado previamente pelo computador, apenas com base em imagens de tomografia computadorizada. Assim, possibilita planejar os melhores posicionamentos para o sorriso e ângulos dos implantes. Além disso, evita acidentes e cortes desnecessários ao paciente, colaborando para a cicatrização do mesmo.

O escaneamento intraoral, por sua vez, conta com modernos escâneres que realizam a moldagem de forma rápida e confortável para o paciente. O escaneamento é feito de forma digital e em pouco tempo. Se comparado com a moldagem convencional, o incômodo dessa técnica é mínima. Com essas imagens na tela do computador, o dentista responsável poderá realizar o planejamento de diversos tratamentos odontológicos, inclusive estéticos.