Qualquer cirurgia precisa de cuidados especiais tanto antes quanto depois da sua realização. Esses cuidados podem variar a cada paciente ou o tipo de procedimento. Tratar o canal do dente, por exemplo, é um procedimento delicado que lida diretamente com os nervos dos dentes, e o paciente em questão precisa de uma série de cuidados especiais na hora do pós-operatório, o que é fundamental para garantir a eficiência da cirurgia. Conversamos com o dentista Silvio Pardo que explica o que é o tratamento de canal e quais os cuidados mais importantes que o paciente deve ter no pós-operatório.

Porque um dente precisa passar por canal?

Quando o dente precisa passar por um canal é porque, infelizmente, ele já chegou em um ponto muito crítico. As principais causas, geralmente, estão ligadas à contaminação desse dente por bactérias da cárie e traumas mecânicos, batidas no dente, que podem acabar rompendo o seu nervo. O tratamento é realizado de forma simples e, através de um motorzinho, o dentista remove a polpa do dente e as terminações nervosas.

Feito isso, ele o lava com líquidos descontaminantes e seca seu interior com materiais apropriados. “Existem pacientes que possuem um dente acometido por canal por conta de uma má realização do clareamento dental, nesses casos, há o aquecimento do nervo e esse paciente passa a precisar da cirurgia”, completa Silvio.

Quais os cuidados são necessários após o tratamento de canal?

Para que o sucesso do tratamento esteja garantido é importante que o paciente tome certas medidas preventivas após a operação. Existem três cuidados básicos que são indispensáveis nesse momento e eles estão diretamente associados à alimentação, higienização e ao repouso desse paciente. “É importante que ele evite morder alimentos duros e realize a higiene oral normalmente”, completa o dentista. Além disso, tomar as medicações prescritas pelo dentista é de extrema importância para evitar futuras complicações.

Caso os cuidados não forem tomados, quais problemas podem acontecer?

Toda cirurgia dentária gera um trauma em nossa cavidade bucal, por conta disso, algumas reações do pós-operatório pelo nosso organismo são comuns e podem variar de acordo com o procedimento. Inchaço, dor e até mesmo hematomas na região que foi submetida a operação são alguns exemplos dessas reações. Para que esses efeitos sejam minimizados, é importante que o paciente siga corretamente as indicações de seu dentista. “Não seguir corretamente os procedimentos indicados pelo profissional, pode ocasionar fraturas nesse dente”, finaliza o dentista.