Quem usa aparelho ortodôntico fixo há algum tempo ou acabou de colocar fica com diversos pontos de interrogação na cabeça. O sentimento é comum, mas nada que você não consiga driblar. E uma das situações que você pode passar é o surgimento de aftas durante o tratamento. Elas são chatinhas e causam incômodos, porém, sempre existe uma solução para acabar com as lesões e passar por este ciclo ortodôntico numa boa. Quem explica ao Sorrisologia é o especialista Caio Botta.

Fortaleça seu sistema imunológico

Quem acha que a saúde do corpo nada tem a ver com a saúde bucal está enganado. "O primeiro passo é ter um equilíbrio da saúde corporal. Mantendo dietas saudáveis e um sistema imunológico fortalecido", comenta. A saúde geral reflete muito no universo da sua boca. Por isso mantenha a imunidade alta com uma alimentação sortida de vitaminas e nutrientes bons, como legumes, frutas e proteínas. Se você não cuidar bem do organismo, muitos problemas, além das aftas, podem surgir no seu sorriso, como as doenças gengivais e a tão temida periodontite. 

Os cuidados com o seu aparelho

Outra forma de evitar as aftas é diminuir ao máximo os pequenos traumas do aparelho com a mucosa da boca. Caio explica um jeito. "Ter um aparelho bem adaptado e polido, com uma escovação cuidadosa e delicada e tomar cuidado como o uso das ceras de proteção". Essa cera é uma espécie de massinha que a maioria dos ortodontistas oferece aos pacientes no início do tratamento. Elas ajudam a deixar o acessório mais liso e confortável, diminuindo o aparecimento das aftas.

Relaxe e não tenha aftas

Algumas pessoas pensam que os alimentos ácidos favorecem no surgimento das aftas, mas o especialista garante que isso não é bem verdade. "O que ocorre é que, normalmente, pessoas com alto nível de estresse têm muitos problemas de gastrite e acidez estomacal, mas não é a acidez que causa a afta e sim o estresse". Portanto, alimentos cítricos como sucos de abacaxi ou limão, não causam aftas, embora eles possam intensificar o incômodo da afta se ingeridos durante esse período. Além disto, busque uma vida mais leve e visite seu gastroenterologista para tratar possíveis complicações.

Peça ajuda ao seu ortodontista

De qualquer forma, se as aftas perturbarem sua boca, língua ou gengiva, a melhor forma de combater ou prevenir futuras lesões é com a ajuda de um profissional que entenda do assunto. "Seu dentista poderá estudar seu caso e avaliar como agir para ajudar a não sofrer com esse desconforto que são as aftas". É possível passar pelo tratamento ortodôntico sem sofrer com esse problema chatinho.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Caio Botta Martins - Ortodontista
São Paulo - SP
CRO-SP: 88536