Você conhece o aparelho ortodôntico de porcelana? Cada vez mais queremos um sorriso exemplar: dentes alinhados, mordida adequada e harmonia entre todos os elementos bucais. Nem sempre é possível fazer isso sem qualquer interferência na estética do paciente. O tratamento ortodôntico feito com o aparelho metálico, por exemplo, deixa bem claro a presença do apetrecho. Por isso, o aparelho de porcelana veio para diminuir esse desconforto! Precisa iniciar o tratamento mas quer que os braquetes fiquem menos visíveis possível? Conheça essa opção com as explicações da especialista em ortodontia Fernanda Poloniato.

Aparelho ortodôntico de metal x aparelho de porcelana

A principal diferença entre os modelos de aparelho está na estética. O modelo metálico é aquele aparelho clássico, com o fio metálico, braquetes e as borrachinhas coloridas acima. Já no outro modelo de aparelho, os braquetes são feitos de porcelana. Assim, eles aparentam ter uma coloração similar aos dentes, quase que “se camuflando”. Há também a opção pelos fios invisíveis, deixando o aparelho como um todo disfarçado. Uma outra diferença está no tempo de tratamento. “Dependendo da técnica, os de porcelana podem ter um resultado mais rápido que os aparelhos ortodônticos metálicos”, comenta ela.

Aparelho de porcelana é também uma opção para adultos

Segundo Fernanda, o principal benefício do aparelho de porcelana é conseguir conquistar os adultos para iniciar o tratamento sem medo. Sim, pessoas adultas também precisam de aparelho ortodôntico! Para a profissional, muitos desses pacientes acreditam que o tratamento ortodôntico deve ser feito por apenas crianças e adolescentes. Assim, eles demoram a corrigir o sorriso e podem desenvolver problemas bucais ainda mais complicados. “Por isso o aparelho ortodôntico de porcelana agrada esse público adulto que acredita ser uma opção mais discreta e confortável”, comenta.

Manutenções e higiene no aparelho de porcelana: como é?

Com o aparelho convencional o paciente precisa desenvolver hábitos higiênicos ainda mais recorrentes, além de, pelo menos uma vez ao mês, ir ao consultório do dentista de confiança para realizar as manutenções do acessório. Mas será que essas indicações mudam com o aparelho de porcelana? No geral, não. “As manutenções são iguais e devem ser feitas apenas no consultório pelo ortodontista, seguindo o tempo de intervalo das consultas determinado pelo profissional”, completa ela.

Já a alimentação pode mudar um pouco. Em ambos os casos, o paciente precisa ter uma atenção especial com alimentos duros, pegajosos e crocantes, como balas, chicletes, amendoim, pipoca e etc. Mas o paciente que usa o aparelho de porcelana precisa ficar de olhos em comidas e bebidas quem tem uma pigmentação mais alta. “Por melhor que for a qualidade dos elásticos do aparelho, o paciente deverá ter restrições alimentares para não haver alterações na coloração”, alerta ela. Para garantir que a porcelana permaneça com o tom natural dos dentes, não esqueça de se consultar com o seu ortodontista para checar quais alimentos você deve ter um maior cuidado.

Quer saber mais como funciona o tratamento ortodôntico? Confira assistindo ao vídeo do Manual do Mundo:

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Fernanda Giovanini Poloniato - Especialista em Ortodontia e Ortopedia facial dos maxilares. Atualização em estética facial para utilização de toxina botulínica e ácido hialurônico
CRO: 91678