Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
23.01.2017

Alimentos industrializados causam mau hálito?

 Aquela refeição simples e prática pode agradar o seu paladar, mas será que induz ao mau hálito? O especialista em halitose Maurício Conceição explica
Aquela refeição simples e prática pode agradar o seu paladar, mas será que induz ao mau hálito? O especialista em halitose Maurício Conceição explica

Expert

Maurício Duarte da Conceição

Maurício Duarte da Conceição

CRO-SP: 34.205

Pós-graduado em halitose pela SL Mandic, mestre em Psicologia, membro fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Halitose. Autor do livro “Bom Hálito e Segurança”

No dia a dia, com a rotina agitada, é normal optar pela praticidade das coisas, principalmente quando se trata de alimentação. Com isso, muitas vezes os famosos alimentos industrializados são usados para completar o nosso cardápio. Molhos prontos, enlatados e embutidos passam a ser a escolha mais simples ao paladar, mas não para a saúde bucal. Isso porque, além dos problemas clássicos, como dentes manchados e cáries, eles podem estar contribuindo fortemente para o mau hálito.

Alimentos industrializados podem causar mau hálito?

Preparar um lanche mais saudável ou comer aquele hambúrguer na rua? A opção mais rápida nem sempre compensa. Logo depois do tão esperado lanche, mesmo com os dentes escovados, já reparou que um gosto forte e não muito agradável da comida ainda permanece na boca? Por que isso acontece? Segundo o especialista em halitose Maurício Duarte, alimentos com alto teor de proteína e gordura animal podem alterar o hálito, mesmo que industrializados. “É o caso dos embutidos como mortadela, salame, lombo canadense, sardinha e aliche, entre outros”. Isso porque no processo de metabolização das gorduras, pequenos componentes que contêm mau cheiro ficam circulando em nossa corrente sanguínea e são eliminados por via pulmonar, alterando o odor do hálito

Mudar o seu cardápio pode ser a melhor opção

Comer de forma saudável traz um monte de benefícios não só para seu corpo, mas para o seu universo bucal, inclusive na eliminação do mau hálito. “Moderar o consumo de alimentos com alto teor de proteína e gordura animal ajuda bastante. Evite de comer, também, alho e cebola crus ou fritos”. O especialista diz que não costuma restringir a ingestão dessas comidas, mas orienta aos pacientes que só coma caso não precise estar com o hálito agradável nas próximas horas. “Para uma reunião de trabalho ou encontro amoroso, sugiro que os evitem totalmente”.

Alimentos e outros hábitos podem evitar o mau cheiro

Não há consenso sobre o assunto, mas Maurício explica que alguns alimentos podem ajudar a evitar o mau hálito. “Os crus e fibrosos, como a cenoura e a maçã, são responsáveis pela ação de limpeza e aumento na produção salivar, devido à mastigação e sua consistência”. Existem também hábitos que acabam com esse odor, como uma boa higiene bucal dos dentes, gengiva e língua. É importante que esse ritual seja feito com ferramentas adequadas para o seu sorriso. Tomar dois litros de líquido por dia e controlar o estresse excessivo através de exercícios físicos também são maneiras de manter a boca sempre refrescante.

Mais Matérias: Alimentação
Alimentos rígidos podem quebrar dentes?
Alimentação
Alimentos rígidos podem quebrar dentes?
Não é novidade que manter uma boa higiene bucal é fundamental para evitar um dente quebrado . Mas, o que poucos pacientes sabem é que, a alimentação também é um dos fatores que podem facilitar o surgimento desse quadro. Isso porque existem alguns alimentos rígidos e duros, como pipoca,...
Brigadeiro, pudim, bem-casado... Confira a quantidade de açúcar dos doces favoritos dos brasileiros e os malefícios do excesso para a sua saúde bucal
Alimentação
Brigadeiro, pudim, bem-casado... Confira a quantidade de açúcar dos doces favoritos dos...
Que o consumo excessivo de doces e guloseimas  pode provocar o início de cárie não é novidade para ninguém. Embora os açúcares sejam nutrientes importantes para o nosso corpo, o excesso desses alimentos somados à má higiene oral pode trazer uma série de problemas à sua...
Frutas ácidas e saúde bucal: quais causam erosão dentária? Como prevenir o problema?
Alimentação
Frutas ácidas e saúde bucal: quais causam erosão dentária? Como prevenir o problema?
Quando pensamos em saúde bucal, é impossível não falar sobre alimentação....
com a participação de:
Vinícius Barçal
CRO-RJ: 3979-7
Consumo de alimentos ricos em açúcar faz parte do dia a dia do brasileiro: entenda como isso afeta a sua saúde bucal
Alimentação
Consumo de alimentos ricos em açúcar faz parte do dia a dia do brasileiro: entenda como...
Biscoitos, bolos, doces e refrigerantes - são inúmeras as guloseimas presentes na...
com a participação de:
Nelson Alfarano
CRO-RJ: 18163
Maçã ajuda na limpeza dos dentes: mito ou verdade?
Alimentação
Maçã ajuda na limpeza dos dentes: mito ou verdade?
Saúde bucal e alimentação andam lado a lado quando o assunto é garantir um sorriso...
com a participação de:
Rhianna Barreto
CRO-RJ:37448
Afta na boca: o que evitar comer para não piorar essa lesão bucal
Alimentação
Afta na boca: o que evitar comer para não piorar essa lesão bucal
Que as aftas podem ser um verdadeiro incômodo não é novidade para ninguém. Isso porque essas pequenas inflamações ficam expostas dentro da boca, principalmente na região da gengiva, bochecha e língua, causando dores e ardência na área da ferida. Mas, o que poucos sabem é que,...