A infância é uma fase de crescimento e também de muito descobrimento... É normal, nesse período, que os pequenos tenham bastante fome, principalmente quando a comida envolve guloseimas. Um hábito que pode se tornar comum é fazer um lanchinho da noite, antes de dormir. No entanto, esse costume pode trazer problemas para a saúde bucal deles, caso não seja feita uma higiene adequada depois. Veja o que diz a dentista Sofia Cabaleiro sobre essa relação entre a alimentação noturna e a cárie na infância.

Qual é a importância da higiene bucal dos pequenos?

Mesmo que a criança ainda tenha dentes de leite, é muito importante que seja realizada uma boa escovação. “Esses dentes também sofrem as consequências da má higienização e estão sujeitos à cárie”, afirma ela. Por isso, é de extrema importância que se faça a higienização bucal dos pequenos sempre após as refeições. “O dente de leite tem a mesma estrutura de um dente permanente, portanto necessita do mesmo tipo de cuidado para se evitar problemas”, ela explica. Além disso, é importante ressaltar que, além de prejudicar os dentes, a cárie pode trazer vários outros problemas para a vida dos pequenos. Como elas são dolorosas, isso pode atrapalhar a alimentação, o sono, o desempenho escolar, entre outras atividades.

Quantas vezes ao dia a escovação das crianças deve ser feita?

“Sempre após as refeições”, diz Sofia. Normalmente, a limpeza costuma ser feita três vezes ao dia, depois das principais refeições. No entanto, a profissional alerta que se houver um lanchinho fora de hora, a escovação deverá ser realizada depois! “Especialmente se ocorrer no período da noite, que é a escovação mais importante do dia”, completa.

A alimentação noturna pode aumentar as chances de cárie na infância

O surgimento da cárie é multifatorial, ou seja, pode ter diferentes causas. As mais comuns, segundo Sofia, são as dietas cariogênicas, aquelas ricas em balas e doces, e a higienização inadequada. Quando se trata dos pequenos, a alimentação noturna está entre os possíveis causadores desse problema, principalmente se o lanchinho da noite incluir alguma guloseima. “Durante o sono nosso fluxo salivar diminui, e como a saliva funciona também como um fator de defesa, sua diminuição favorece muito a chance de cárie se a escovação da noite for negligenciada”, explica a dentista.

Conheça os principais cuidados para contornar esse quadro

Se o pequeno já está apresentando os sinais de cárie nos dentinhos, não perca tempo! O primeiro passo é procurar um profissional para que ele possa analisar o quadro clínico da criança. “No caso de presença de cáries ainda na primeira infância, é importante a intervenção logo no início para que a saúde bucal da criança seja restabelecida sem dor ou sofrimento”, explica. É importante lembrar, é claro, que a prevenção é o melhor caminho! Investir em uma boa higiene bucal e evitar os lanchinhos noturnos regulares é o caminho ideal para fugir de problemas.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Sofia Cabaleiro - Endodontista
Belo Horizonte, MG
CRO-MG: 34919