Quem usa aparelho ortodôntico passa por situações meio desagradáveis. Para o paciente se acostumar com este acessório bucal é questão de tempo, mas, até lá, alguns incômodos podem ocorrer, como o surgimento de aftas. "São lesões autoimunes, ou seja, causadas pelo nosso próprio organismo", explica o ortodontista Caio Botta. Mas um fator importante para o surgimento dessas bolinhas é o microtrauma gerado pelo atrito do aparelho na mucosa da boca. Entenda mais sobre o assunto e descubra como tratar.

Acontece mais no início do tratamento

Logo nos primeiros dias do tratamento ortodôntico, o paciente pode ficar estressado e com o equilíbrio do sistema imunológico mais debilitado por ser uma fase de novidades. "Ele ainda não está adaptado ao aparelho ortodôntico e pode morder a bochecha ou bater a escova de dentes durante a escovação", explica Caio. Esses pequenos traumas podem ser estímulos ao aparecimento de aftas.

"Caso o paciente tenha aftas ao longo do tratamento, elas podem ocorrer ou por esses pequenos traumas, ou por um desequilíbrio do sistema imunológico", comenta. Se por um acaso você tenha aftas frequentemente, converse com seu ortodontista e veja o que pode ser feito para diminuir o aparecimento delas.

Encontre o tratamento certo

Antes de pensar em fazer seu próprio diagnóstico da lesão, que tal deixar este trabalho para o profissional que entenda do assunto? Identificando o local e o real motivo da afta, o dentista pode dar um fim àquele trauma. O especialista em ortodontia indica algumas possíveis soluções para acabar com o problema.

- Caso você não possa ir até seu ortodontista, por algum motivo específico, utilize as ceras de proteção e higienize bem as lesões;

- Algumas pomadas são indicadas, mas remédios precisam ter prescrição do dentista. Não use nada sem orientação de um profissional;

- Alguns pacientes deverão tomar remédios que aumentam sua imunidade, por essa ser a principal causa das aftas. Outros, poderão simplesmente aguardar um período curto de tempo, pois a lesão deverá regredir ou desaparecer sozinha. Fale com um profissional;

- Seu dentista poderá estudar seu caso e avaliar sobre como agir para que o paciente não sofra com esse desconforto que são as aftas;

- Consulte seu ortodontista e converse com ele, cada caso deve ser avaliado individualmente.

A higiene não pode parar

A gente sabe que é mais chatinho escovar os dentes quando tem uma lesão na boca, mas você vai precisar se esforçar. O que não pode é abrir mão da higiene. Aliás, a higiene é extremamente necessária para manter o meio bucal livre de outros problemas que podem surgir através da ação de bactérias. A única recomendação é que você mantenha a calma e seja mais cauteloso com o uso da escova, tomando cuidado para não bater na região afetada.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Caio Botta Martins - Ortodontista
São Paulo - SP
CRO-SP: 88536