Não dá para negar: os doces são sempre associados ao surgimento de cáries nos dentes. Mas, o que poucas pessoas sabem é que, a história pode piorar. O hábito de comer açúcar de maneira excessiva também pode resultar em outras doenças periodontais, como a gengivite. Para entender os perigos da relação entre o açúcar e a saúde bucal, reunimos tudo o que você precisa saber para evitar esse problema. Confira!

Afinal, como o açúcar age nos dentes?

Quando seu filho come um alimento com açúcar, por menor que seja, ele funciona como um acelerador para o crescimento de bactérias que vivem na cavidade bucal. Elas convivem em total harmonia, mas quando ingerimos o nutriente em excesso, seja frutose, glicose ou sacarose, evoluem rapidamente em número e estágio, o que pode agredir os tecidos bucais. Isso porque quando crescem, formam colônias que chamamos de placa, que quando entram em contato prolongado com os dentes, resultam em doenças periodontais. Além disso, elas também podem acumular na língua e gerar o mau hálito. Desagradável, né?

Alimentos doces aumentam as chances de gengivite

O grande risco em exagerar no açúcar não é apenas a cárie. Segundo alguns estudos feitos na Universidade Aarhus, na Dinamarca, o excesso de açúcar também pode disparar processos inflamatórios, resultando na gengivite. Embora cause sangramento durante a escovação, a doença não dói e, por isso, pode passar despercebida. Mas engana-se quem pensa que a gengivite é um problema simples. O quadro pode progredir para uma doença mais grave, a periodontite, que pode contribuir para a perda dos dentes.

Não são só os doces que favorecem a doença

Quando se trata de alimentos ricos em açúcar, é comum que os biscoitos recheados, chocolate, balas e chicletes sejam os primeiros a vir em mente. No entanto, ao contrário do que se costuma pensar, os alimentos doces não são os únicos vilões que atuam contribuindo para o surgimento de gengivite. Carnes vermelhas, frituras e produtos ultra processados, como salgadinhos e pratos prontos, também podem ser prejudiciais à saúde bucal da mesma forma. Portanto, não é apenas ao consumo excessivo de doces que devemos ficar atentos!

É preciso dar adeus aos doces para evitar a gengivite?

Pode respirar aliviado! Não é necessário parar de consumir doces de uma vez. No entanto, é importante diminuir a ingestão desse tipo de alimento. Outro fator que pode contribuir para a diminuição do risco de cáries e gengivite é escovar bem os dentes após o consumo de alimentos açucarados e carboidratos. Além disso, é importante beber bastante água e esperar pelo menos 30 minutos para escovar os dentes após a ingestão. Assim você remove completamente a placa bacteriana e não corre o risco de ter uma doença periodontal.