Você com certeza já ouviu que manter as visitas regulares ao dentista é um cuidado essencial. Quem é presença garantida no consultório a cada seis meses tem como resultado uma saúde bucal em dia, além de se prevenir de problemas. Um procedimento importante que nessas consultas é a profilaxia bucal, uma limpeza feita pelo seu dentista. A sensação de dentes limpos é imediata, porém, é possível notar que eles também ficam mais claros. Para entender melhor sobre esse acontecimento, o Sorrisologia conversou com o odontólogo Vinícius Barçal.

Você conhece a profilaxia bucal?

Para muitos, a denominação profilaxia bucal, ao ouvir pelo primeira vez, aparenta ser um procedimento mais técnico ou complexo. No entanto, assim como destaca o profissional, a técnica nada mais é do que a limpeza dos dentes, como é conhecida popularmente. “É realizada pelo dentista em consultório odontológico com instrumentos e materiais de uso profissional”, explica ele. E ainda, além de limpar a superfície aparente do dente, o tratamento alcança regiões que estão por baixo da gengiva.

É verdade que a profilaxia bucal pode tornar os dentes mais claros?

Assim como afirma o odontologista, a profilaxia bucal pode, de fato, deixar os dentes mais claros. “Ela remove manchas extrínsecas presentes na superfície do dente, ou seja, aquelas manchinhas causadas por pigmentos diários, tabaco, etc”, esclarece ele. Porém, assim como destaca Vinícius, é importante ressaltar que o procedimento não trabalha como um agente branqueador dos dentes.

“Para dentes branquinhos, o tratamento mais indicado é aliar a profilaxia bucal ao clareamento dental”, indica. Vale lembrar que o procedimento de limpeza traz diversos benefícios para a saúde bucal do paciente, pois são feitos a raspagem e polimento das superfícies dos elementos dentários, que ajudam a prevenir doenças bucais e periodontais.

Saiba quais são os principais cuidados após a profilaxia bucal

De acordo com o dentista, a durabilidade da profilaxia bucal vai depender da cooperação do paciente. Entre os cuidados principais é possível destacar os hábitos de higiene bucal adequados, que devem ser mantidos após as consultas. “A escovação dos dentes e utilização da fio dental após as refeições, ao menos três vezes ao dia, é de suma importância para a manutenção da limpeza e saúde bucal”, orienta Vinícius.

Além disso, fique atento ao intervalo entre cada procedimento. Esse período deve ser indicado pelo profissional, pois irá depender de como é a higiene bucal e tendência à formação de tártaro de cada caso. “Em geral é aconselhado a realização de uma limpeza a cada 6 meses”, conclui o odontologista.