Pegar aquele resfriadinho chato ou ter problemas na pele com mais frequência podem ser alguns dos sintomas que indicam a baixa imunidade. Além dos avisos que seu corpo recebe sobre a falta de proteção, a saúde bucal também não fica de fora. O sorriso reage de uma forma bem parecida e as complicações, como doenças periodontais, gengivais e aftas tratam de aparecer. Para garantir uma saúde de ferro e manter sua boca e corpo em perfeito estado, o dentista Max Ferreira indica alguns cuidados.

Baixa imunidade e seu sorriso

Você já percebeu que a baixa imunidade desencadeia vários problemas de saúde geral e bucal. Max explica por que esse efeito dominó acontece. "Com o enfraquecimento de nosso sistema imunológico, microrganismos oportunistas proliferam-se com mais facilidade e aumentam suas atividades". O profissional conta que esses microrganismos podem ser nativos, ou seja, comuns no nosso meio bucal ou de origem externa, como alguns vírus e bactérias.

Periodontite e aftas são alguns problemas

Com o organismo deste jeito, uma série de problemas bucais podem surgir com a baixa imunidade. "Diversas formas de estomatite, aftas, amigdalites, herpes, além de inflamações gengivais e periodontais mais severas", alerta. Mas, ainda bem que para tudo existe uma forma de tratamento e prevenção. Então quando os sintomas são constantes, pode ser necessário tratar muito além do problema específico e focar no fortalecimento da sua imunidade todos os dias.

Mantenha seus dentes fortes

Max garante que a baixa imunidade é prevenida com cuidados simples. A orientação inicial é alimentar-se bem. "Ter uma dieta balanceada com vitaminas e demais nutrientes, evitando exageros. Ingestão frequente de água, valorização do sono e evitar o estresse são muito importantes". Manter bons hábitos higiênicos também é essencial. "A higiene bucal regular com o uso de dentifrícios nas escovações e fio dental é essencial", conclui.