A gente sabe que, para muita gente, ir ao dentista não é experiência mais fácil do mundo - seja pelo medo ou até por vergonha. Porém, acredite: até mesmo os mais corajosos não escapam de passar por uma situação embaraçosa ou outra dentro do consultório! Listamos aqui sete das mais comuns para você ver que, não, você não está sozinho nessa. Conte para gente com qual você mais se identifica!

1. Levar bronca por não fazer a limpeza dos dentes de forma correta

Está tudo bem na consulta com o dentista... Até o momento em que ele solta algum comentário - muitas vezes, desconfortável - sobre a forma como você anda higienizando os dentes. Perguntas sobre quantas vezes você tem usado o fio dental, se tem escovado os dentes da parte de trás ou até mesmo alguma brincadeira com algo que você comeu recentemente são alguns dos clássicos desse momento. Quem nunca, não é mesmo?

2. O dentista percebe que você não anda usando o aparelho direito

Usar o aparelho ortodôntico não é lá a experiência mais confortável do mundo - afinal, algumas peças incomodam e a higiene bucal precisa ser cuidadosa. Em alguns momentos, você chegou até a tirar os elásticos do aparelho fixo ou até mesmo não colocar a versão móvel durante à noite. Porém, acredite: seu dentista vai perceber que você não está seguindo o tratamento corretamente - especialmente se você chegar na consulta sem os elásticos, viu?

3. Dormir durante a limpeza dentária no consultório

E quando uma semana mais puxada e cansativa coincide, justamente, com sua próxima consulta com o dentista para uma limpeza? Deitar na cadeira e relaxar, mesmo que apenas para facilitar o procedimento nos dentes, também é uma receita quase certa para cair no sono. A situação pode ficar ainda mais constrangedora quando, ao acordar, você percebe que estava roncando - e alto. É mais comum do que a gente pensa!

4. Morder o dedo do dentista durante um procedimento

Abrir mais a boca, mostrar melhor os dentes de baixo… São muitos os comandos que o dentista dá durante a limpeza - não estranhe se, em algum momento, você se atrapalhar com algum deles. Não é raro que, nesses momentos, o profissional demore um pouco mais para se ajeitar e, sem querer, você morda o dedo dele. Não se preocupe: acontece com todo mundo e vocês dois podem dar boas risadas depois!

5. Tremer de medo antes de fazer cirurgia ou extrair um dente

Cirurgias são sempre um desafio: é preciso se preparar, passar por ela e, depois, ainda se preocupar com todos os detalhes do pós-operatório. Se você, assim como muita gente, também tem medo de agulhas e procedimentos invasivos, o momento da cirurgia é ainda mais desesperador. Você treme na cadeira, chora, segura o braço do seu dentista e nada parece te acalmar. Isso é muito normal e não é motivo para ter vergonha - mesmo que, depois do fim do processo, a gente questione nosso próprio comportamento.

6. Se atrapalhar com o sugador odontológico

Quem mantém as limpezas em dia com certeza já está familiarizado com o sugador odontológico - aquele aparelho feito para absorver a saliva que nossa boca produz enquanto o dentista cuida dos nossos dentes. Além de útil, a ferramenta também é responsável por boas risadas durante os procedimentos. Quem nunca se atrapalhou, se engasgou ou até mesmo cuspiu sem querer por causa dele, né?

7. Esbarrar ou derrubar objetos na sala de atendimento ou no consultório do dentista

São muitas as ferramentas que o dentista usa para os procedimentos no consultório. Para tornar todo a experiência mais fácil é cômoda, é normal que a sala de atendimento tenha algumas mesinhas, cadeiras e uma luz forte. Se você é um pouco mais desastrado, provavelmente já derrubou algum desses em uma consulta e, sempre que marca um atendimento, já prepara os pedidos de desculpas - porque sabe, lá no fundo, que provavelmente vai acontecer outra vez.