Pular para o conteúdo principal
Logo Facebook Powered By Logo OralB
01.12.2016

5 motivos para você repensar o uso do palito de madeira na higiene bucal

 Ele parece mais simples e prático, mas será mesmo que é capaz de ajudar em qualquer situação? Confira a opinião de um especialista sobre o uso do palito de dente na higiene bucal
Ele parece mais simples e prático, mas será mesmo que é capaz de ajudar em qualquer situação? Confira a opinião de um especialista sobre o uso do palito de dente na higiene bucal

Expert

Ariovaldo Stefani

Ariovaldo Stefani

CRO-SP: 50.083

Especialista em periodontia e implantodontia; Mestre em prótese e doutorando em periodontia; Trabalha com reabilitação oral e estética há 25 anos; Experiência em prevenção e acompanhamento clinico a longo prazo.

Imagine na cena: você está sentado à mesa do restaurante com um amigo e, de repente, percebe que alguma sujeirinha se agarrou ao seu dente. Imediatamente, tenta empurrar o resíduo para fora com a língua, mas nada acontece. Nesse momento, são alguns segundos para tomar uma decisão. Melhor pedir licença ao acompanhante e procurar pelo fio dental no banheiro local ou aproveitar a praticidade do palito de madeira ao alcance das mãos? Escolher entre um ou o outro pode ficar fácil quando as possíveis consequências são levadas em consideração. Repense qual deveria ser o seu próximo passo com a ajuda do dentista Ariovaldo Stefani.

1- Você pode machucar a sua boca

O risco em optar pelo palito, segundo o especialista, se relaciona com a forma como costumamos usá-lo. O manuseio é geralmente feito com força para que a sujeira saia e, quase sempre, sem a ajuda de um espelho, o que torna tudo ainda pior. Dependendo do tipo de resíduo que você queira retirar dos dentes, sem enxergar onde ele está, é possível que a pontinha no palito acabe machucando a gengiva durante o processo.

2- O mau uso pode provocar retração gengival

Por falar em gengiva, Ariovaldo explica que ela é uma das grandes prejudicadas, principalmente quando esse item é utilizado com frequência. “Pressionar o local de forma intensa com o palito pode causar esfolamento e consequente retração gengival”, explica o dentista. Sendo assim, ao usá-lo sem moderação, saiba que a sua saúde bucal pode estar em jogo.

3- Ele não limpa as sujeiras mais complicadas

Alguns restos de comida parecem quase impossíveis de serem removidos, não é? Em alguns casos, é normal que o palito não alcance a sujeira, ou a empurre ainda mais para dentro. Nessas horas, outro utensílio será um aliado mais capacitado para resolver a situação. O fio dental é mais eficiente, justamente por conseguir passar com facilidade pelos espaços interdentais.

4- O palito de madeira não é esterilizado

Em alguns estabelecimentos, é normal que os palitos fiquem dentro de potinhos com um furo no topo. Na hora de tentar pegar apenas um deles, vários outros, inevitavelmente, saem junto. Você provavelmente já viu alguém colocando esses palitos que sobram de volta ao paliteiro, certo? Isso, por si só, já é motivo suficiente para suspeitar das condições de higiene desse item quando não embalados individualmente.

5- Nada substitui os velhos aliados da higiene bucal

É importante ressaltar que, apesar de aparentemente retirar a sujeira, o palito não é capaz de remover a placa bacteriana. “Ele serve apenas como um complemento e não para limpar toda a superfície do dente”, destaca Ariovaldo. Sendo assim, usá-lo não anula a necessidade de reforçar a limpeza bucal com o fio dental e uma escovação adequada. Agora, ciente de todos os riscos, pense bem antes de decidir qual item usar na higiene da sua boca. Lembre-se: um sorriso saudável é feito de detalhes.

Mais Matérias: Higiene Bucal
Como limpar a língua: veja os sinais de que você não está fazendo isso corretamente
Higiene Bucal
Como limpar a língua: veja os sinais de que você não está fazendo isso corretamente
Não adianta: saber como limpar a língua é fundamental para sua saúde bucal. Além de prevenir a diminuição do fluxo salivar, o cuidado ajuda a combater o surgimento de cárie, mau hálito e outros problemas bucais que podem prejudicar o seu sorriso. Embora pareça uma tarefa...
Escova de dentes é tudo igual? Veja as diferenças entre a higiene bucal com o modelo tradicional e elétrico
Higiene Bucal
Escova de dentes é tudo igual? Veja as diferenças entre a higiene bucal com o modelo...
A escova de dentes é um acessório fundamental quando o assunto é cuidar da saúde...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
A higiene bucal pode afetar outras partes do corpo? Entenda!
Higiene Bucal
A higiene bucal pode afetar outras partes do corpo? Entenda!
Não é novidade que cuidar da higiene bucal é o primeiro passo para garantir a saúde e...
com a participação de:
Uila Ramos da Silva
CRO-PE 10.380
Endocardite: o que é, como tratar, quais as causas?
Higiene Bucal
Endocardite: o que é, como tratar, quais as causas?
A endocardite é uma doença inflamatória que pode atingir as estruturas internas do coração. Embora seja pouco conhecido entre os pacientes, o quadro é originado pela má higiene bucal e pode afetar significativamente a qualidade de vida do paciente, trazendo danos irreversíveis para o sistema...
Língua branca é sinal de mau hálito? Descubra a relação entre os quadros!
Higiene Bucal
Língua branca é sinal de mau hálito? Descubra a relação entre os quadros!
Você tem notado sua língua branca ? É importante ligar o sinal de alerta! Isso porque o quadro...
com a participação de:
Ana Elisa da Silva
CRORS 13490
Dentes amarelados são sinal de má higienização?
Higiene Bucal
Dentes amarelados são sinal de má higienização?
É inevitável se preocupar com a presença de dentes amarelados na boca. Capaz de comprometer a estética de qualquer sorriso, a pigmentação pode estar ligada a uma série de fatores que vão desde doenças bucais, como a erosão dentária, à quadros genéticos que fogem...