Quando criança, quem nunca tentou fugir do pai e da mãe na hora de escovar os dentes? Talvez, hoje, seja seu filho quem esteja fazendo o mesmo. A diferença é que agora você entende a importância da escovação. Então, que tal transmitir esse aprendizado para ele em forma de carinho? "Os dentes de leite merecem tantos cuidados quanto os dentes permanentes, uma vez que é por eles que as crianças se alimentam e ajudam no processo de articulação das palavras, dando qualidade de vida para a criança em desenvolvimento", explica o odontopediatra Pedro Garcia Fernandes Neto.

O cuidado com a saúde bucal dos filhos deve começar cedo e os pequenos precisam entender o quanto a escovação é importante e suas vantagens. Por isso, a ajuda dos pais é essencial nessa fase. Confira cinco dicas superimportantes que vão ajudar a fazer desse um momento natural na vida do seu filho.

Explique por que a escovação é importante

Use os motivos certos e verdadeiros. Ameaçar e assustar, em vez de trazer o efeito pretendido, pode causar traumas que irão atrapalhar não só a saúde bucal, mas a vida da criança como um todo. Além disso, tudo que é ordem se torna chato e a chance de rejeição é muito maior. Portanto, converse. De uma forma divertida e em tom lúdico, é possível incentivar o aprendizado. Afinal, tudo que se trata de saúde bucal tem que fazer sorrir.

Crie o ambiente adequado

Se a criança já considera a escovação bucal um momento chato, imagine se ainda for difícil? Por isso, entenda que ajustes precisam ser feitos para facilitar. Um banquinho firme para que ela possa sentar na altura da pia ou um copo de água para ajudar no bochecho são algumas mudanças simples que podem contribuir muito a favor da escovação. Além de não haver riscos, o ambiente proporciona autonomia para que ela não dependa dos pais o tempo inteiro. Inserir personagens e brinquedos no ambiente da escovação também pode ajudar.

"Escove" os dentes do brinquedo

Sabe aquele boneco que seu filho adora? Esse brinquedo pode ser o companheiro na hora da escovação. Diga que o combinado é você escovar os dentes dele e depois ele repete o processo no brinquedo. Depois de algum tempo, estimule dizendo que os dentes do brinquedo estão tão limpinhos que agora ele deve fazer o mesmo nele próprio. Não esqueça de sempre parabenizá-lo após o processo. Em alguns casos – não sempre, para não acostumar –, ofereça uma recompensa pelo esforço.

Tudo que o mestre mandar, faremos todos

A gente sabe que criança adora imitar os adultos. Que tal estimular seu filho a imitar as boas práticas? Pedro Neto dá a dica: "Seja um exemplo. Leve a criança para escovar os dentes junto com você. É importante também incentivar o consumo de alimentos saudáveis para a boca". Ou seja, vendo essa atitude dos pais com frequência, de maneira prazerosa e tranquila, a criança vai querer se inserir nessa atividade e mostrar que também é capaz de fazer o mesmo.

O dentista como um amigo

Agende uma consulta com um odontopediatra, profissional especializado em cuidar da saúde bucal de crianças, que possui um jeitinho todo especial para lidar com a situação. Para Pedro, isso faz toda diferença. "Na minha experiência de consultório, percebo que crianças que vêm com medo já tiveram uma experiência que não foi agradável com outro profissional, que não era um especialista. Essa criança tem que ter uma atenção especial para voltar a ter confiança no atendimento." Além disso, os pais também podem aprender muito com a visita. E não esqueça de levar aquele brinquedo amigo do seu filho e pedir ao profissional que dê uma olhadinha nos “dentes" dele pra saber se está tudo certo. Seu filho se sentirá feliz com o bom trabalho.