Notar que a gengiva está inchada, sangrando ou até mesmo com uma cor mais avermelhada é um sinal de alerta para a saúde bucal. Todas essas características podem ser sintomas iniciais de uma gengivite, inflamação na gengiva causada pelo acúmulo de placa entre os dentes, ou, até mesmo, uma reação de defesa do próprio tecido gengival. Para acabar com esses incômodos, o periodontista Sérgio Siqueira explica alguns cuidados simples.

Crie o hábito de passar o fio dental

"Cuidar para que você tenha gengivas firmes e saudáveis, preenchendo completamente o espaço interdental, é o segredo do sucesso", afirma Sérgio. Para que essa realidade fique ainda mais próxima do seu sorriso, é importante fazer o uso correto do fio ou fita dental. Praticando pelo menos uma vez por dia antes da escovação te deixa livre do tártaro, doença que se não for tratada por causar complicações gengivais. O fio dental também precisa ser de material firme e que deslize de forma fácil para não causar nenhum ferimento no tecido.

Escove os dentes com uma escova de cerdas macias

Escolher bem as ferramentas para a higiene soma muitos pontos na sua saúde bucal. Adquirir uma escova de dentes macia e que seja confortável para o seu sorriso evita o aparecimento de um monte de problemas, como a sensibilidade e complicações gengivais. Se as cerdas forem duras demais ou a escovação do paciente muito forte, é bem capaz de causar alguma retração na gengiva. O periodontista atenta. "Sangramento ou inchaço indicam atividade bacteriana e pode evoluir para perda óssea. Gengivais saudáveis não sangram".

Evite alimentos que grudam nos dentes

Pipoca, batata palha e caramelo podem ser bem saborosos, mas, ao mesmo tempo, acabam causando uma dor de cabeça para as gengivas. Sérgio explica que não existem alimentos que causam inchaço gengival, mas durante o processo de mastigação isso acaba acontecendo. "Situações em que o alimento impacte entre os dentes ou entre o dente e a gengiva, afastando-a, pode levar ao inchaço, acompanhado de dor ou sangramento". Evite o consumo destes alimentos e quando o fizer, não esqueça de usar o fio dental acompanhado com a escovação logo em seguida.

Vá ao dentista regularmente

Os profissionais capazes de prevenir qualquer problema que afete o universo bucal é o cirurgião-dentista e o Técnico em Saúde Bucal (TSB). Fazendo visitas regularmente, dependendo do risco bucal de cada paciente, seus dentes e gengivas serão sempre saudáveis. Não deixe para depois, marque logo o seu check-up e previna-se. Não esqueça que cuidar do seu sorriso é o melhor investimento!

Use um enxaguante que cuida da sua gengiva e boca

Finalizar a higiene bucal com um antisséptico é tudo de bom. Melhor ainda se você usar um produto que ajuda a cuidar da gengiva. Fazendo bochecho com uma medida da tampinha do enxaguante diminui as chances de um paciente ter gengivite ou cárie, sem deixar aquela sensação de ardência. Para isso, é importante que você escolha o produto que não contenha álcool em sua composição. Inserindo esse item na sua limpeza suas gengivas ficarão sempre saudáveis e refrescantes.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Sérgio Siqueira Júnior - Especialista Periodontia e Implantologia
São Paulo - SP
CRO-SP: 50346