Embora os dentes sejam sempre a primeira preocupação dos pacientes, existe outra parte da boca que merece uma atenção redobrada: a gengiva. Responsável por revestir o osso e sustentar a arcada dentária, ela é um elemento que pode fazer toda diferença não só para a beleza do seu sorriso, mas, também, para sua qualidade de vida. Mas será que você sabe o que é necessário para mantê-la saudável? Para te ajudar, o Sorrisologia reuniu 5 cuidados importantes que contribuem para saúde da sua gengiva. Veja só!

1. Manter uma dieta equilibrada e saudável

Você já deve ter ouvido falar que nós somos aquilo que comemos, certo? O ditado popular também vale quando se trata da saúde da sua gengiva. Alimentos açucarados ou gordurosos ajudam no acúmulo de placa bacteriana, que gruda na superfície dos dentes. Esse conjunto de microrganismos quando endurecem na linha da gengiva podem causar a inflamação da região, conhecida como gengivite. Além disso, a ausência de vitamina C também pode ser uma das causadoras da doença. Por isso, é fundamental manter uma alimentação saudável e equilibrada. Nesse caso, vale apostar em fibras e alimentos enriquecidos em vitamina C, como laranja, limão, abacaxi, brócolis e espinafre.

2. Usar fio dental durante a rotina de higiene bucal

Outra recomendação que você, certamente, já deve ter ouvido do seu dentista é sobre o uso do fio dental. Acontece que a falta desse acessório ajuda para o acúmulo de bactérias nos dentes e, consequentemente, a inflamação das gengivas. Além deste, o enxaguante bucal também é outro aliado que deve estar presente durante a escovação dos dentes. Alguns são indicados para a prevenção da cárie dentária e controle da proliferação de bactérias na boca e, por isso, podem contribuir para saúde da sua gengiva. Acredite: a combinação do fio dental com o enxaguante bucal fará toda a diferença na sua rotina.

3. Praticar a escovação dos dentes da maneira correta

Que a escovação diária é essencial para um sorriso saudável não é novidade. Mas, o que poucas pessoas sabem é que, a forma como você escova os dentes também pode influenciar na sua saúde bucal. Por isso, nada de fazer essa tarefa rapidamente e, muito menos, aplicando força demais. Além de não promover uma limpeza eficaz, deixando restinhos escondidos entre os espacinhos da boca, você corre o risco de machucar as gengivas. Nesse caso, é importante investir em uma escova de dentes com cerdas macias e fazer movimentos leves durante o processo.

4. Ir ao dentista regularmente

Se você têm o costume de ir ao dentista apenas em casos de emergência, saiba que está na hora de mudar. O acompanhamento regular com dentista garante a realização da profilaxia dental e, consequentemente, evita uma série de doenças bucais, como a gengivite e a periodontite. Por isso, dependendo da sua situação bucal, você deve visitar o profissional a cada ano ou de seis em seis meses. Lembre-se: a saúde da sua gengiva depende apenas de você!

5. Cuidar da saúde do organismo

Você pode até duvidar, mas existem muitas doenças sistêmicas que podem influenciar na saúde da sua gengiva. A diabetes quando não controlada, por exemplo, pode contribuir para a gengivite, que provoca destruição óssea e ocasiona a perda da sustentação dos dentes. Além desta, as doenças autoimunes, como a artrite reumatoide, o lúpus e até o Alzheimer, também podem favorecer o surgimento de doenças periodontais. Portanto, é necessário manter não só os dentes como toda a saúde geral em dia para evitar possíveis problemas.