Depois de uma boa noite de sono, você acorda e lá está ela: a ferida causada pelo aparelho continua a te machucar. Começou apenas como um incômodo, depois virou dor e agora até um pequeno machucado foi formado. Qualquer coisa que passe por ali é motivo de muitas reclamações. Dores como essa, causada pelo aparelho ortodôntico, pode ser considerada normal e existem formas de aliviá-la. Mas, em outras situações, a dor é provocada por algum outro fator. Entenda quais são esses quadros e confira as orientações passadas pela cirurgiã-dentista Beatriz Bussab.

O que pode estar causando a dor?

No início de todo tratamento ortodôntico, é comum que os pacientes sintam dores. “A fase de adaptação do aparelho pode ser um pouco incômoda, dando desconforto, devido à movimentação dos dentes e à dificuldade de comer e de higienizar”, explica Beatriz. “Dores e incômodos com os braquetes ou fio ortodôntico podem se tornar recorrentes nesse período’, continua.

Se você sente essas dores e não está no início do tratamento, as causas podem ser outras. Quando fios ortodônticos ou braquetes estão soltos, eles podem arranhar a gengiva do paciente e causar extrema dor. Uma manutenção recente também pode estar causando o incômodo. Nessas consultas, o ortodontista impõe uma força no aparelho para que ele siga a movimentação adequada. Se for o caso, essas dores passam em até 5 dias. De qualquer forma, se a dor for contínua, o mais recomendado é a visita a um dentista. Somente o profissional poderá analisar o caso e fazer as orientações adequadas.

Como diminuir a dor?

Dores na mucosa, a parte interior dos lábios, podem ser causadas pelos danos que os braquetes fazem. “Quando os metais do aparelho ortodôntico ficam em atrito com a mucosa, pode gerar um desconforto, podendo ser evitado com a cera ortodôntica no local que está em contato com a mucosa”, sugere. A cera ortodôntica é uma forma de proteger a mucosa e de aliviar a dor do machucado já feito.

Além disso, visite seu dentista para relatar a dor. “O tratamento deve ser periódico também para prevenir machucados. Por exemplo, com um fio mal cortado do aparelho, deve-se visitar o dentista para reparar estes incômodos”, alerta Beatriz.

Quais cuidados os pacientes devem ter com o aparelho?

Quem usa aparelho sabe que a lista de cuidados só cresce! E não é à toa, o aparelho ortodôntico é um instrumento sensível e essencial ao tratamento. Qualquer má higienização ou quebra dos acessórios pode atrasar o período de ajuste dentário, adiando o dia de finalmente tirar o aparelho ortodôntico. “Cuidados na higienização e na alimentação (evitando alimentos muito duros) e fazendo regularmente as manutenções para dar um resultado melhor ao tratamento”, finaliza a cirurgiã-dentista.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Beatriz Bussab - Cirurgiã-dentista
Osasco - SP
CRO-SP 125369