Produto Relacionado:
Escova Dental Elétrica Professional Care 5000
Escova Dental Elétrica Professional Care 5000
Saiba mais

Para um sorriso lindo é necessário disciplina. São os hábitos do dia a dia que vão trazer muitos motivos para sorrir ou muita dor de cabeça. A saúde bucal depende basicamente de dois fatores: uma boa higienização e uma alimentação equilibrada. Comer um docinho de vez em quando não faz mal, não é? Mas será que sua escovação tem sido eficiente? E será que você tem usado as ferramentas certas para isso? O Sorrisologia preparou um vídeo com as principais dúvidas dos leitores e quem sabe uma delas também não é a sua? O dentista Marcello Damberg esclarece tudo agora.

Qual o creme dental mais recomendado?

O profissional explica que o creme dental ideal depende da necessidade de cada pessoa. Portanto, se sua necessidade é clareamento nos dentes, o seu creme ideal é diferente do seu amigo que está com os dentes sensíveis. "De um modo geral, o creme ideal deve conter flúor para o fortalecimento dos dentes", indica.

Qual a diferença da escova com cerdas duras e com cerdas macias?

Se forem bem manuseadas, tanto a escova mais dura quanto a mais macia vão realizar uma boa limpeza bucal, mas por questões de saúde e segurança a escova com cerdas macias é a mais indicada, conforme explica o Dr. Marcello. "A escova com cerdas macias auxiliam na remoção da placa sem machucar a gengiva ou desgastar o esmalte dental, podendo até proporcionar uma massagem na gengiva".

Quais as diferenças da escova manual para a escova elétrica?

De acordo com Damberg, a escova elétrica torna-se melhor em alguns casos pela sua facilidade de uso, já que ela própria realiza movimentos padronizados, suaves e constantes, sem precisar do esforço do paciente. "Isso diminui as chances do esmalte dental e gengivas serem prejudicados por uma forte escovação".

Quais benefícios da escova elétrica?

A tecnologia da escova elétrica dental oferece diversos recursos como formas especiais de escovação para dentes branqueados, massagem nas gengivas e dentes sensíveis. "Através de movimentos rotatórios ela limpa todos os cantos da boca, basta apenas deixar as cerdas em contato com a superfície dental durante algum tempo", orienta o expert no assunto. Além disso, o profissional ressalta o trio de vantagens dessas escovas: controle do tempo de escovação, movimentos das cerdas e força aplicada.

Com que frequência devo trocar a escova elétrica?

Marcello explica que a frequência da troca é igual de uma escova manual, ou seja, a cada 3 meses ou quando suas cerdas se desgastarem. Porém, a grande vantagem da escova elétrica é que você troca apenas o refil das cerdas, mantendo a mesma base da escova dental. Bem legal, né?