Produto Relacionado:
Escova Dental Oral-B Pro-Saúde Ultrafino
Escova Dental Oral-B Pro-Saúde Ultrafino
Compre aqui

Um dia desses você percebeu que sua gengiva está volumosa e com uma cor bem avermelhada. No momento de escovar os dentes notou um pequeno sangramento, mas pensou em ser apenas um machucadinho. Afinal de contas, isso acontece toda hora. Estes sinais não são nada comuns em uma boca saudável e, ocorrendo frequentemente, podem significar uma gengiva inflamada. O periodontista Leonardo Costa diz que se o problema for ignorado acaba evoluindo para outros estágios de inflamação, pondo todo o seu sorriso em risco. Você conhece as fases desse problema?

As etapas da gengiva inflamada

A gengivite é uma inflamação no tecido gengival causada pelo acúmulo de placa bacteriana nos dentes. Este problema pode passar por vários estágios que envolve os sintomas de sangramento, inchaço e vermelhidão. Se você não tratar, esta complicação acaba evoluindo para um ponto mais avançado da doença, a periodontite. O especialista ressalta a importância dos indícios para o diagnóstico precoce. "Além dos sinais da gengivite, em que ocorre a perda de inserção, afeta o osso, o ligamento periodontal e a formação da bolsa periodontal".

Alerta vermelho da gengivite

Apesar dos efeitos preocupantes, a gengivite é tratada de maneira simples e sem procedimentos dolorosos ou invasivos, incluindo bochechos com soluções indicadas pelo dentista. Mas, se você ignorar a doença, ela acaba alcançando um nível preocupante: a periodontite. "Caso não seja tratada, pode evoluir e causar a perda dos dentes". Esse é o alerta vermelho para a saúde bucal. Quando notar algo irregular, não tente resolver o problema em casa ou com dicas de amigos, até porque os casos são diferentes. Vá ao dentista e veja a melhor terapia para o seu caso.

Cuidando dos problemas gengivais

Leonardo dá o recado. “Para evitar a gengivite e a periodontite, o paciente deve procurar um dentista, pois só ele pode realizar o diagnóstico para saber se o paciente possui tais doenças”. Na consulta, o profissional vai ensinar como fazer uma higiene bucal correta, além de remover todo o tártaro acumulado na linha gengival, através do procedimento de raspagem. Para que o problema não volte, você precisa cuidar direitinho dos seus dentes. “Caso o paciente não melhore os hábitos de higiene oral o tratamento não será bem-sucedido”. Você não quer passar por isso de novo, né?