A sensibilidade dentária é um dos problemas bucais mais comuns que existem. A sua origem vem da exposição da dentina, parte interna do dente, devido à perda do esmalte dentário ou em casos de retração gengival, quando a gengiva deixa à mostra a parte desprotegida do dente. Depois que o problema está instalado, você já deve saber o que acontece: dor e incômodo ao ingerir certas bebidas e alimentos. Mas, afinal de contas, quais são os estímulos que causam o desconforto da sensibilidade? A dentista Kalina Diniz esclarece.

Conheça os causadores da sensibilidade

Bastou comer um chocolate para sentir aquela dorzinha no dente, né? De acordo com a profissional, existem diferentes tipos de estímulos que podem causar a sensibilidade dentária. "Entre eles estão as mudanças climáticas (frio e calor), consumo de bebidas e alimentos quentes, gelados, ácidos, açucarados e cítricos, além de casos de apertamento e bruxismo, em que há um desgaste na superfície dental". Se você tem dentes sensíveis, tente evitar todas essas situações até procurar um dentista e começar o tratamento.  

A sensibilidade pode ser causada apenas por um estímulo?

Quando o esmalte dentário está desgastado, o paciente pode ser afetado por qualquer tipo de estímulo. Kalina esclarece o motivo. "Ele vai entrar em contato com a dentina e, consequentemente, causar a dor". Ou seja, não vai fazer diferença se você beber um café bem quente ou tomar um sorvete, o incômodo será o mesmo. Mas é possível diminuir os choques da sensibilidade e levar uma vida normal sem precisar abrir mão de certos alimentos. Basta ir ao dentista e dar queixa do problema. O profissional fará uma anamnese, uma série de exames para o diagnóstico e iniciar a melhor terapia. 

Existem vários tratamentos para a sensibilidade

Sem dúvidas, ter dentes sensíveis é bem chatinho, mas ainda bem que existem tratamentos capazes de cessar todo esse incômodo. Para isso, o dentista precisa conhecer o motivo da sensibilidade e indicar a terapia ideal. "O tratamento é variável e pode ser feito através de aplicação de adesivos dentinários, restauração com materiais adequados, uso de agentes dessensibilizantes e cremes dentais com flúor", garante. 

Viu só? É possível lidar com a sensibilidade dentária. Mas lembre-se, o tratamento é feito no consultório, mas o paciente precisa praticar os cuidados em casa. Como? Usando creme dental com fluoreto de estanho que fecha os túbulos dentinários expostos. Também não deixe de praticar uma higiene bucal suave com uma escova de cerdas macias. Depois do tratamento caseiro, visite seu dentista para uma revisão.