Durante a rotina do dia a dia, passamos por diversas situações que prejudicam a nossa saúde sem nem perceber. Por isso, seguir os cuidados adequados devem se tornar hábitos na vida das pessoas. Uma parte altamente afetada é a cavidade bucal. Pode parecer estranho, mas é extremamente comum a ingestão de ácidos. Isso mesmo… ácidos! O Sorrisologia explica melhor sobre o assunto e como você pode se proteger!

Como medir o ácido?

Para saber a acidez de um composto, é preciso fazer a medição do pH. A sigla significa potencial hidrogeniônico, que é formado por uma escala logarítmica de zero a 14, sendo o número sete considerado como neutro. Alguns exemplos para esclarecer são: o ácido sulfúrico, que possui pH zero; a água, na faixa do sete, e a soda cáustica tem pH 14. Quanto menor o número do pH, o item é denominado ácido, e quanto maior, como básico, sendo o sete como meio para comparação.

Hora de experimentar a acidez de alguns compostos

Se você quer descobrir a escala do pH do que está consumindo, é preciso utilizar uma fita específica que possui quatro cores, como mostrado no vídeo, ou um peagâmetro, que é um medidor digital. Selecionando alguns exemplos presentes no dia a dia, os resultados obtidos pelo casal foram:

Limão puro: 2,1

Vinagre: 2,3

Refrigerante de Cola: 2,5

Suco de Uva: 3,2

Suco de laranja: 3,7

Água com gás: 4,0

Café: 5,4

A reação do ácido nos seus dentes

Mas, afinal, ácido faz mal? Assim como ressaltado, isso vai depender. Não há uma resposta certa, pois a caracterização de acidez de um composto não é um sinônimo de que ele é ruim para a sua saúde. O suco de laranja, por exemplo, possui um pH de 3,7, mas faz bem pelos elementos de sua composição, como a vitamina C. No entanto, a ingestão de bebidas ácidas causam consequências nos dentes, a chamada erosão ácida. Esse quadro é caracterizado pela perda do esmalte do dente, que é sua proteção. Dessa forma, o processo químico corrói essa estrutura e traz sensibilidade dentária para o paciente.

Como a erosão ácida acontece nos dentes?

O principal elemento da composição dos dentes é o carbonato de cálcio. Para fazer um simples teste, o item é mergulhado em uma solução de vinagre, caracterizado como ácido. Dessa maneira, é possível perceber a fermentação que acontece na estrutura representando o esmalte do dente que vai sofrendo com a erosão. Quando o paciente utiliza um creme dental adequado, que tenha a capacidade de protegê-lo do processo, ele age como uma capa protetora. Assim, ao consumir alimentos ou bebidas de caráter ácido, você estará mais preservado contra a erosão ácida. No entanto, vale lembrar que para manter a saúde bucal é preciso contar com todos os itens de higienização, utilizando-os corretamente, e fazer visitas regulares ao consultório do dentista.