É comum que, por serem os últimos a nascerem, os dentes sisos não encontrem espaço suficiente na arcada dentária e, por conta disso, precisam ser extraídos. Muitas dúvidas e mitos crescem em volta do terceiro molar, principalmente quando ele começar nascer trazendo dor e incômodos. Para quem já está em tratamento ortodôntico, quando o siso rompe na cavidade oral, ou ainda inclusos, despertam receio nos pacientes. Conversamos com o dentista Alessandro Silva que explica qual a relação dos dentes sisos com os aparelhos e qual o melhor momento de extraí-los.

Qual é a idade ideal para usar aparelho ortodôntico?

O profissional faz uma ressalva de que, em geral, o tratamento ortodôntico é mais efetivo quando os primeiros molares erupcionam, por volta dos seis ou sete anos de idade. Nessa época, por conta da dentição ainda estar em processo de formação, a movimentação dos dentes ocorre de forma mais fácil. Porém, o melhor momento para começar a usar o aparelho depende diretamente de qual tratamento o paciente em questão precisa e qual tipo de procedimento melhor se enquadra ao seu caso. Muitas pessoas acreditam que existe uma ligação direta do aparelho ortodôntico com os dentes sisos, porém, a profissional adverte que, de fato, não há relação específica entre eles.

O que acontece é que em alguns casos existem procedimentos com o uso de aparelho removível que são utilizados para a expansão das arcadas. Eles devem ser instalados quando o paciente está em uma idade mais jovem para tentar evitar que ele precise realizar uma cirurgia de siso futuramente. “Esse tratamento evita que o paciente passe por uma série de problemas que o siso proporciona por permanecer muito tempo na arcada dentária”, completa o dentista.

Aparelho ortodôntico pode ser colocado antes do siso nascer?

Sim. Independentemente do paciente usar aparelho ou não, o indicado é que ele não espere o dente siso incomodar para retirá-lo de sua arcada dentária. A identificação desses dentes pode ser feita através de radiografia e o recomendado é que a extração seja feita em uma idade precoce, antes que esse dente possa desencadear problemas ósseos. Além disso, com o passar dos anos, o siso vai grudando no osso da mandíbula gerando problemas ainda maiores como uma cirurgia mais complicada, com um pós-operatório ainda mais delicado. “Hoje, o recomendado é que o dente seja extraído cedo, por volta dos 13 aos 15 anos, já que o reparo dos tecidos é melhor executado nessa época e existem menores chances desse dente gerar um problema na fase adulta”, completa o dentista.

O que pode ser feito para quem já usou aparelho e o siso está incomodando?

Pacientes que já usam aparelho não devem esperar o siso doer para retirá-lo. “O indicado é tirar esse dente o mais rápido possível para evitar problemas maiores, sua permanência prolongada na arcada dentária pode até mesmo desenvolver o aparecimento de tumores indolores por conta da presença desse dente”, finaliza Alessandro.