Falar de saúde bucal, para você, é também pensar na gengiva? Sabemos que a cavidade oral vai além dos dentes, e cada esforço é válido para manter toda essa estrutura em harmonia. A higiene que se realiza todos os dias é poderosa para prevenir essa região de várias doenças, como a gengivite e periodontite. Se você não dava tanto valor ou importância a este momento do seu dia, é melhor rever seus conceitos. Convidamos a dentista Heloísa Crisóstomo para explicar como a escovação influencia para a saúde de todo o seu sorriso.

Uma higiene bucal bem feita é essencial para a gengiva

Sabemos que uma escovação suave traz um monte de benefícios para os dentes. Mas se eles não estiverem limpos e saudáveis, esse efeito não vai se refletir na gengiva. A odontologista conta que uma higiene oral correta faz com que as estruturas dentárias e gengivais se mantenham em equilíbrio. "O principal causador de doenças é a falta de higienização. Logo, remover resíduos alimentares que ficam entre os dentes, desorganizando a placa bacteriana, ajuda na prevenção de doenças".

A fórmula para uma boa escovação

Você já sabe de cor o passo a passo da higiene bucal. Mas a verdade é que existem diversas técnicas de escovação. Só que para decidir a sua, é importante a avaliação do seu dentista. "No geral, é importante que os pacientes saibam que não é necessário aplicar muita força durante a escovação, pois pode acabar agredindo a gengiva e desgastando o esmalte dental, principalmente quando associado a creme dental abrasivos". Durante este ritual, atente-se em passar a escova por todas as faces dos dentes, na gengiva e língua.

Sem medo de passar o fio dental

Sempre bate aquela preguiça na hora de passar o fio dental. Mas esse utensílio é extremamente importante para a saúde, já que ele remove a placa bacteriana e restos alimentares de regiões não alcançadas pela escova, caso do espaço entre os dentes e linha da gengiva. É aí que o fio dental deve penetrar para garantir a remoção total de resíduos. E a profissional dá mais um alerta. “Usar sem aplicação de força e fazendo movimentos de vai e vem levemente”.

Finalize a higiene com enxaguante

Existe um enxaguante bucal para todo paciente. O tipo da solução vai depender das necessidades do sorriso de cada um. E para que essa etapa seja bem tranquila, adquira um produto sem álcool. Isso evita aquela sensação de ardência na boca. " É importante saber que o enxaguante não deve ser usado isoladamente, mas sim como um auxiliar na manutenção da saúde oral juntamente com a escovação e o fio dental", conclui.