Antes mesmo de surgirem os primeiros dentinhos, os pais já precisam cuidar da higiene bucal do seu bebê para evitar o aparecimento do mais temido problema bucal. "A principal causa da cárie afetar os dentes de leite é a falta de higienização, mas a alta ingestão de açúcar pelas crianças também contribui para isso", afirma a odontopediatra Simone R. de Moraes Bastos. Por isso a importância de fazer a primeira consulta ao odontopediatra o quanto antes. Mas, se a vilã cárie aparecer, providências precisam ser tomadas.

Por que os primeiros dentinhos?

É importante entender que os cuidados desde cedo são extremamente importantes para que o momento da troca seja feito de forma natural e, assim, a dentição permanente nasça e cresça mais forte e saudável. "No caso da cárie, por exemplo, muitos pais pensam que não é preciso fazer tratamento já que o dente de leite irá cair, mas isso é um erro", alerta a profissional. Se não for tratada, a bactéria pode entrar pelo canal do dente e promover uma infecção no dente permanente, que está logo abaixo. Com isso, o permanente pode nascer já com alguma imperfeição, como má formação, falta de uma ponta ou manchas. Complicado, né?

Fique de olho!

Que tal reparar mais no sorriso do seu filho? Ao notar qualquer anormalidade é importante visitar um odontopediatra. "Um dente com uma cárie profunda pode levar a criança a sentir dor, mastigar de forma inadequada e se alimentar mal", conta Simone, que também alerta para que o problema seja diagnosticado o mais cedo possível. "Se os pais deixarem chegar numa situação crítica, o dentista irá orientá-los quanto ao melhor tratamento, que pode ser desde o tratamento de canal ou em algumas situações a extração do dentinho afetado".

Quais os riscos da extração do dente de leite?

"A questão é que quando o dente de leite é extraído desta forma, antes de cair naturalmente, ele deixa um espaço que é ocupado por outros dentes de leite que se movimentam e acabam interrompendo o crescimento dos permanentes", explicou Simone. No meio desta confusão dentária, os dentes fixos podem ficar reclusos, crescerem pela metade ou tortos, criando novos problemas e, daí, pode surgir a necessidade de um aparelho ortodôntico.

A melhor forma de prevenir

As dicas são as mais básicas possíveis, conforme conta a profissional. "A união de uma boa escovação, uma alimentação saudável e visitas periódicas da criança ao odontopediatra é a melhor maneira para prevenir o aparecimento de cáries e suas complicações".

As ferramentas certas

Utilize um creme dental infantil que além de embalagens com temas divertidos para a criançada, possuem um gostinho bem suave e que não arde na boca. Esses cremes têm a quantidade correta de flúor que aumenta a taxa de minerais do esmalte dentário ajudando a combater as cáries. Praticando estes bons hábitos, seu filho terá um sorriso mais bonito e saudável para sempre.