O aparelho ortodôntico é bastante associado àquele acessório metálico cheio de bráquetes e fios de metal. Porém, não é só ferrinhos que a ortodontia vive. Com a tecnologia do ramo crescendo a cada dia, existem também as estruturas mais discretas, como o modelo sublingual ou transparente, feito com peças de safira. Além desses mais conhecidos, você já ouviu falar dos alinhadores estéticos? Eles são bem diferentes dos aparelhos comuns e proporcionam uma terapia mais simples e confortável aos pacientes. Também são considerados os tipos mais modernos dos consultórios dentários. A especialista Silvia Reis explica como eles funcionam.

Conheça mais sobre os alinhadores estéticos

Bem diferente dos modelos tradicionais, os alinhadores estéticos são um conjunto de placas transparentes removíveis com a finalidade de realizar a movimentação gradual dos dentes. Seu design é parecido com uma moldeira e são tão discretos que ficam praticamente imperceptíveis no sorriso. Incrível, né? Esse modelo foi desenvolvido nos Estados Unidos e já está disponível em 80 países, incluindo o Brasil. De acordo com a ortodontista, eles são confeccionados com base na dentição da pessoa e projetado digitalmente.

O uso deste acessório é orientado pelo seu dentista

Assim como todo tratamento ortodôntico, cada caso é único. Portanto, será entregue para cada paciente um conjunto com vários alinhadores, que devem ser utilizados em sequência, de acordo com as informações e orientações dadas pelo especialista. Esses acessórios podem corrigir problemas como dentes levemente tortos ou desalinhados e até casos de diastemas. Cada alinhador é utilizado por duas semanas até o sorriso alcançar a posição desejada pelo dentista.

Vantagens de quem usa os alinhadores estéticos

Uma das maiores vantagens desse aparelho é que ele não é fixado nos dentes, o que é bom para o dentista e para o paciente. Sem todas aquelas estruturas do modelo tradicional, o modelo agiliza bastante nas consultas iniciais e de revisão. Ele também pode ser retirado em alguns momentos, como em uma festa ou casamento que a pessoa queira sair bem na foto. Só não deixe de respeitar seu uso diário e praticar todas as medidas importantes de higiene bucal. “Além de extremamente estéticos, eles podem ser retirados para se passar fio dental ou escovar os dentes”, pontua Silvia.

Você também pode saber a expectativa do tratamento antes de iniciá-lo com a ajuda de um software 3D, que proporciona diferentes simulações de resultados da terapia. No Brasil, já é possível encontrar algumas empresas nacionais produzindo alinhadores com uma tecnologia bem parecida, corrigindo os casos mais leves com muita qualidade. Gostou de conhecer os alinhadores? Descubra com seu dentista se você pode usá-los para ter um sorriso alinhado de forma mais simples, discreta e cômoda.