Nada como abrir um sorriso e se sentir ainda mais confiante. Estar com os dentes com uma boa aparência e saudáveisconsegue aumentar a autoestima e a ortodontia pode ajudar nessa parte. Esta é uma área popular da odontologia que consegue corrigir a oclusão e alinhamento dos dentes. O dentista Fabrício Felix Carneiro veio explicar sobre quais são as opções de tratamento oferecidos. Veja e tire suas dúvidas sobre o assunto.

Como saber que preciso ir ao ortodontista?

Assim como indica o profissional, a primeira consulta ao ortodontista deve acontecer entre os 6 e 7 anos de idade. “Nessa época são avaliados possíveis problemas ortodônticos que devem ser resolvidos ainda na infância, mas, mesmo se você já não é mais criança, deve procurar um ortodontista para uma avaliação”, comenta ele. Além disso, alguns sinais ajudam a perceber a necessidade de marcar uma consulta com esse especialista, como a respiração bucal, dificuldade ao mastigar, dentes tortos, dores na articulação da mandíbula (ATM) e perda precoce ou tardia dos dentes de leite.

Conheça os tratamentos oferecidos pela ortodontia

Complicações de crescimento da face, dentes tortos, hábitos deletérios, apneia e bruxismo são apenas alguns exemplos de problemas que podem ser resolvidos com a ortodontia. Pensando nisso, Fabrício destacou os tratamentos feitos com ajuda de aparelhos ortopédicos, como através da ortodontia fixa (aparelhos convencionais, estéticos, auto-ligados e linguais), do uso de aparelhos expansores e de alinhadores através de placas invisíveis. “Cada aparelho tem sua indicação específica, onde o ortodontista irá avaliar, solicitar exames, fazer um planejamento e indicar o melhor tratamento para cada paciente”, completa ele.

De que maneira a idade influencia na escolha do tratamento?

O avanço da idade demanda uma maior atenção com a saúde bucal. O ortodontista afirma que, em algumas situações, a idade é um fator determinante para o sucesso do tratamento. Um exemplo é quando o problema está relacionado a parte óssea, pois a melhor época para tratar é durante a juventude. “Quando já atingimos a maturidade óssea, alguns movimentos não serão possíveis de corrigir somente com o aparelho ortodôntico, necessitando de cirurgia para resolvê-los”, explica o profissional. No entanto, em casos de problemas dentários menores, é possível realizar o tratamento em qualquer idade, com a condição de que o periodonto, responsável pela fixação dos dentes, esteja saudável.