Produto Relacionado:
Escova Dental Oral-B Pro-Saúde Sensi-Soft
Escova Dental Oral-B Pro-Saúde Sensi-Soft
Saiba mais

Escovar os dentes é uma tarefa importante do dia. Sempre pensamos neste hábito com o objetivo de prevenir as cáries, o tártaro e o mau hálito. Mas sabia que quando praticamos a higiene bucal devemos considerar também a gengiva? Sem esse tecido da mucosa bucal bem saudável, não é possível ter um equilíbrio e bem-estar da sua boca. Por isso, é importante adquirir uma escova de dente que seja boa para todo o seu sorriso. O especialista em periodontia Ariovaldo Stefani revela qual é a melhor ferramenta para não irritar a sua gengiva.

A escova ideal para sua gengiva

Elas têm cores, tamanhos e funções diferentes. Escolher entre várias escovas de dente é um desafio para qualquer pessoa. Na dúvida, você costuma levar a mais básica ou aquela com um design arrojado. Só que é importante ler os rótulos das embalagens antes de comprar essa ferramenta, principalmente quando pensamos na saúde da gengiva.

O profissional explica que aquelas com cerdas macias e com o tamanho da cabeça reduzido são as mais indicadas para facilitar a limpeza do sorriso todo. Portanto, nada de levar uma escova com tufos duros. “A cerda dura associada à força excessiva durante a escovação pode causar retração gengival nas regiões de tecido mais delicado e áreas de maior atrito das cerdas”.

Má escovação: o que acontece com a gengiva?

Ariovaldo diz que podem acontecer duas situações distintas. A primeira é quando a escovação não é realizada com eficiência e permite a formação e acúmulo de placa bacteriana na superfície dental. “Isso resultará numa inflamação causada por bactérias, neste caso o inchaço e o sangramento são sinais indicadores da gengivite”. O outro cenário é quando existe o hábito da hiper-higienização. “As pessoas escovam os dentes várias vezes ao dia, e se aplicar muita força na escova sobre o dente e esta escova apresentar cerdas duras, o traumatismo mecânico causado pela escovação causa uma inflamação gengival por trauma”.

O dentista pode ajudar

Para cada sorriso existe uma escova de dente que contempla todas as necessidades bucais. Mas para todos é essencial levar em conta a limpeza dos dentes e a saúde da gengiva. O periodontista ressalta que a ajuda de um profissional deve ser levada em conta neste momento. “O ideal é a pessoa passar por uma consulta com o dentista para receber orientações sobre técnicas de escovação e indicação de um tipo de escova e acessórios para higiene oral de forma personalizada”.