Você conhece bem a estrutura dos seus dentes? Eles são formados por esmalte, dentina e polpa. O esmalte é a camada externa que atua como o guardião da porta de entrada e, quando está mineralizado, ele se torna forte o suficiente para proteger sua dentina, um tecido poroso que é o prolongamento do nervo. Mas se o esmalte estiver fraco, sua dentina fica exposta e desprotegida, e aí começa o problema. Ao receber estímulos de fora, você sente as consequências: uma dor bem desconfortável que atinge a polpa, a camada mais interna do seu dente onde estão os nervos e vasos sanguíneos.

A chamada sensibilidade dentária é um problema que afeta muitas pessoas em todo o mundo. De acordo com pesquisas realizadas, 74% das pessoas já sentiram uma pontada nos dentes ou dor nessa situação. A intensidade e frequência dessa dor variam de pessoa para pessoa, mas independente de como acontece é sempre bem chato. Os estímulos externos aparecem quando ingerimos certos alimentos no dia a dia. Eles são divididos em quatro grupos: frios, quentes, doces e ácidos.

Alimentos frios

Quando chega o verão a primeira coisa que dá vontade é de tomar algo bem geladinho. Mas para quem sofre de sensibilidade nos dentes, esse momento de refrescância pode ser bem desagradável. Sorvete, açaí ou um suco de frutas bem gelados vão acabar ficando para depois.

Alimentos quentes

Aqui a situação se inverte. Se no inverno você quiser tomar uma sopinha ou um caldo quentinho pra aquecer, pode ser que sinta o incômodo da sensibilidade. Aquele café no meio tarde também pode ser mais complicado.

Alimentos doces

Para muita gente não comer doce é quase uma prova de resistência, né? Realmente é difícil recusar um docinho depois do almoço, mas os alimentos açúcarados são os mais fáceis de causarem dor quando o esmalte do dente está desgastado e não pode cumprir seu papel de protetor. Balas, chocolates, doce de leite e todas essas delícias precisam ser evitadas.

Alimentos ácidos

A acidez de alguns itens pode agravar a sensibilidade, pois aceleram o processo de desmineralização do esmalte do dente, deixando essa camada protetora mais fraca expondo as partes sensíveis. Refrigerante, vinagre e frutas cítricas, como laranja e limão, são alguns exemplos.

Como se livrar do problema?

Você não precisa entrar em greve de fome para evitar o desconforto, mas pode tomar outras atitudes que vão ajudar. O importante é que algo seja feito! O problema se agrava quando muita gente não dá a devida importância aos primeiros sintomas, justamente porque a dor não é contínua, mas surge em momentos pontuais e logo passam. Não deixe a sensibilidade tirar o prazer da sua refeição. Confira essas dicas:

- Use uma escova com cerdas bem macias;

- Não faça força sobre os dentes na hora da escovação;

- Use um creme dental específico para combater a sensibilidade;

- Consulte seu dentista para checar o grau do problema. Pode ser que ele aplique flúor nas áreas sensíveis e/ou precise restaurar as que perderam o esmalte.