O estresse é algo completamente comum nos dias atuais. Compromissos, trabalho e trânsito são só alguns dos fatores que ativam esse sintoma. Mas é preciso ficar atento a isso, pois você pode desenvolver uma DTM. A chamada disfunção temporomandibular atinge a Articulação Temporomandibular (ATM) e/ou os músculos  responsáveis pelos movimentos da mandíbula. O problema pode ter diversas origens, mas é possível aliviar os incômodos através de alguns tratamento feitos em consultório. O Sorrisologia conversou com um especialista na área e conta tudo agora.

A função do tratamento

O Cirurgião Bucomaxilofacial Daniel Lemos conta que a DTM não tem cura, mas sim, controle. Por isso, é importante que o paciente saiba que qualquer tratamento indicado trará como efeito a diminuição dos incômodos. "Uma nova crise de DTM pode surgir no futuro, por isso todo o diagnóstico e tratamento devem ser revistos para controlar novamente o problema".

Tratamentos feitos em consultório

Placa Miorrelaxante: "Também chamada de placa de mordida, são aparelhos móveis, interoclusais, de uso noturno, que auxiliarão no descanso e reposicionamento mandibular", explica o profissional.  

MENS: Estimulação Elétrica Neuromuscular através de micro corrente. Daniel explica seu funcionamento. "São estímulos elétricos sub-sensoriais, emitidos através de aparelhos computadorizados. Este tipo de corrente elétrica terapêutica tem a possibilidade de penetrar a célula, normalizando-a caso tenha sido atingida".

IONTOFORESE: É a introdução de íons fisiologicamente ativos através da epiderme e membrana mucosa do corpo pelo uso de corrente contínua direta (corrente galvânica). É indicada em edemas, inflamações, dor muscular, artrites e tendinites.

TENS: Estimulação Elétrica Neuromuscular Transcutânea. "São estímulos elétricos que causam contração muscular. Essas contrações, rápidas e repetitivas, atuam como uma bomba e forçam a saída de sangue venoso dos músculos e aumentam o fluxo de sangue arterial", comenta o dentista. Como consequência, as substâncias irritantes dentro do músculo são eliminadas e o metabolismo aeróbico é restaurado.

ULTRASSOM: São vibrações mecânicas, acústicas, inaudíveis e de alta frequência, que produzem vários efeitos fisiológicos. "Redução da tensão muscular, aumento na elasticidade do tecido tornando mais fácil a mobilização de tecidos moles e articulares, diminui a inflamação, estimula o metabolismo, entre outros".

FONOFORESE: É a aplicação de ultra-som com agentes medicamentosos, anti-inflamatórios ou analgésicos.

INFRAVERMELHO: É a aplicação efetuada por intermédio de uma lâmpada infravermelha na área atingida, que ocasiona a vasodilatação, provocada pelo calor da luz, aumentando o aporte de células de defesa dos tecidos, o que explica seu efeito anti-inflamatório.

CALOR ÚMIDO: São compressas umedecidas com água quente ou bolsas térmicas na região facial

CRIOTERAPIA: É a aplicação de gelo em sacos ou bolsas especiais na região afetada, os efeitos são: analgesia local, vaso constrição, diminuição do espasmo muscular, efeito anti-inflamatório, entre outros.

LASER: Trata-se de calor superficial que para ser produtivo no corpo humano, necessita que a mesma sofra integração com as células dos tecidos irradiados. Os efeitos são: estímulo à microcirculação, analgésico, anti-inflamatório e cicatrizante.

CINESIOTERAPIA: Os exercícios aplicados no tratamento das disfunções da ATM proporcionam melhores condições de atuação do sistema, quando associados ao conjunto de medidas descritas anteriormente.

Converse com um profissional

Se você sofre do problema, busque ajuda e saiba que para o sucesso do tratamento você deve colaborar realizando as recomendações necessárias. "Os exercícios devem ser prescritos por um especialista em DTM. A realização inadequada desses exercícios pode acarretar na piora do problema", concluiu. Não abra mão da sua saúde e cuide-se o quanto antes.