Em grande parte dos casos, os pacientes passam por um longo período usando aparelho ortodôntico, e quando chega o dia de tirar o sorriso metálico, o momento é de muita ansiedade. Entretanto, os cuidados ainda não chegaram ao fim. Após essa etapa, é a hora de colocar o aparelho de contenção. A ortodontista Juliane Christine Gonçalves Prenassi conversou com o Sorrisologia sobre os prós e contras da contenção fixa. Saiba o que esperar.

A contenção fixa é indicada para quais casos?

De acordo com a profissional, a indicação de uso das contenções fixas e/ou móveis acontece ao final de todos os tratamentos ortodônticos. Assim, o seu dentista irá analisar as opções de acordo com seu quadro e histórico clínico. “A contenção fixa inferior está indicada para todos casos, especialmente naqueles que apresentavam apinhamento de incisivos antes do tratamento”, explica ela. Pensando nisso, esse modelo é usado para manter os resultados obtidos no tratamento ortodôntico e prevenir o apinhamento tardio.

Conheça os prós e os contras do uso da contenção fixa

Como acontece em qualquer tratamento, existem os dois lados. “A vantagem das contenções fixas, como o próprio nome diz, é ela ser fixa, e independe da cooperação do paciente em lembrar de usá-la”, destaca a ortodontista. Por outro lado, os contras relacionados a esse modelo estão ligados diretamente a higienização bucal durante o seu uso. Cada tipo de contenção fixa depende de uma maneira de escovação correta e uso do fio dental. “Pacientes com escovação deficiente usando contenções fixas podem ter problemas gengivais graves”, exemplifica Juliane.

Fique de olho na higiene bucal durante essa etapa

A higiene bucal é o principal cuidado de quem possui contenção fixa. Esses pacientes precisam ficar atentos no momento da escovação e durante o uso do fio dental. “As contenções do modelo higiênico têm uma condição que favorece o uso dos fios dentais da mesma forma que usamos nos dentes sem contenções”, orienta ela. Já no caso das retas, é indicado o uso de passa fio para ajudar nessa tarefa de limpeza ou optar por fio dentais com a ponta mais rígida.

Além disso, as consultas de controle pós-tratamento ortodôntico são muito importantes. “Nessas consultas são observadas as contenções fixas e suas formas de fixação nos dentes, como a verificação da estabilidade da colagem da contenção, pois se estiver parcialmente descolada pode levar à perda do tratamento”, esclarece a dentista.