Quem acompanha o Sorrisologia sabe que ele é personagem constante por aqui: o fio dental. Indispensável para manutenção de uma boca saudável, porém, ainda muito resistido por alguns pessoas. E por quê? Além de justificativas como preguiça e falta de tempo, existe outro motivo que parece estar sendo determinante sobre o uso dessa ferramenta. Muitas pessoas dizem não conseguir usá-lo, isso porque, seus dentes, por serem muito juntinhos um dos outros, impossibilita o encaixe perfeito do fio entre eles, dificultando a limpeza. Mas como não dá pra ficar sem essa etapa, convidamos a dentista Michele Caldas para te dar uma força nesse assunto.

Por que o fio dental é tão importante?

O principal objetivo durante uma higiene bucal é eliminar o acúmulo de placa bacteriana da boca. Ela nada mais é que uma substância pegajosa com germes, que se forma nos dentes e gengivas, causando a doença gengival. Além disso, essa limpeza também retira os restinhos de comida que inevitavelmente aderem aos dentes e gengivas e, entre os dentes, que se não removidos, aumentam a chance de desenvolver a cárie. Isso já te dá motivos suficientes para querer mandar toda essa sujeira para bem longe, certo?

Daí a gente percebe como esse item se torna tão importante. Mas talvez você se pergunte, “a escova de dente já não faz esse papel?”. A resposta é sim, ela faz. O diferencial do fio é que ele vai trabalhar em lugares que sua escova não tem esse poder todo. "A limpeza com o fio dental é essencial para remover a placa que fica entre os dentes onde a escova não alcança. Usá-lo todos os dias ajuda a manter os dentes saudáveis por toda vida, e ainda diminui as chances de problemas gengivais”, garante Michele

E se o fio dental não encaixa entre os dentes?

Agora que você já sabe que não dá pra viver sem ele, o fio dental é presença garantida nas suas limpezas diárias. Entretanto, no dia a dia você tem sentido dificuldade de usar porque ele não se encaixa direito entre seus dentes. Em consequência disso, você tem colocado mais força nesse ritual e muita das vezes sem sucesso, até porque, o fio acaba se desfazendo todo na sua mão. Situação chata, né?

A boa notícia é que você pode ficar tranquilo sobre isso, além de ser uma situação natural, que não significa nenhum problema bucal, há um jeito de lidar com essa dificuldade e a profissional dá uma super dica. "Quem tem dentes muito juntos e sofre no momento de colocar ou retirar o fio, pode usar o fio dental com cera que irá deslizar com mais facilidade entre os dentes. Esse modelo é mais fino e achatado, com filamento único e com total resistência, evitando desfiar durante o seu uso”, diz.

Tire as principais dúvidas com um especialista

Conversar com seu dentista também é sempre uma maneira segura de lidar com qualquer dúvida ou dificuldade que você possa ter para cuidar do seu sorriso. O importante é não desleixar desse cuidado. O fio dental é recomendado, no mínimo, uma vez ao dia. “O ideal é não fazer força e passar cuidadosamente ao redor da base de cada dente, ultrapassando a linha de junção do dente com a gengiva, sem forçar o fio contra ela, para não cortar ou machucar o tecido gengival”, finaliza.