Ela é nossa fiel companheira, mas não para sempre. Mesmo que seja bonita ou tenha custado caro, é melhor não criar nenhum tipo de apego com a sua escova de dente. Ao contrário do que muitos pensam, existe um prazo para substituir esse utensílio e as cerdas têm influência direta no assunto: nelas estão os sinais visíveis e invisíveis de que a nossa saúde bucal pode estar em risco. Quer saber quais são? Entenda o que elas dizem com a ajuda do Sorrisologia.

Observe as cerdas

Uma das maneiras mais fáceis de inspecionar a escova de dente é analisar o estado das cerdas. Em algumas, basta observar a coloração das pontas: quando elas mudam de cor, é hora de aposentar a antiga e escolher uma nova. Ainda assim, mesmo que o utensílio não tenha esse recurso, alguns detalhes podem ajudar a saber o momento certo da troca.

Sinais visíveis

Se cada cerda da escova de dente vai para um lado diferente, não tem discussão. Esse, talvez, seja o sinal mais evidente de que o utensílio já não está cumprindo seu papel na higiene bucal. Isso porque a posição das cerdas é pensada justamente para alcançar as sujeiras presas nos espaços entre os dentes. Depois de um tempo de uso, quando essa configuração é alterada, a escova passar a não ser útil para a limpeza da boca.

Sinais invisíveis

Bactérias são inimigas silenciosas e bastante perigosas. Por sorte, mesmo que você não consiga vê-las, com um pouco de observação do contexto é possível saber quando acender o sinal vermelho. No caso da escova de dente, esses micro-organismos podem se acumular no utensílio durante uma gripe ou resfriado, por exemplo. Nessa situação, os especialistas explicam que a troca é necessária.

Como você tem cuidado da sua escova de dente?

O tempo de vida limitado da escova de dente não é motivo para tratá-la de qualquer maneira, certo? Para proteger o utensílio e, consequentemente, a sua saúde bucal, existem alguns cuidados diários que podem ajudar a manter o item em bom estado até a próxima troca.

Segundo o dentista Johnathan Marcondes, conservar a escova de dente sempre protegida em um local arejado e, de preferência, bem longe do vaso sanitário são dicas preciosas. A posição em que se guarda o utensílio também conta, e deve ser sempre na vertical. Cada detalhe importa na hora de fugir de problemas bucais. Sua escova pode não ser eterna, mas será sempre uma grande aliada para o seu sorriso.