Cada indivíduo que vai a uma consulta no dentista apresenta um tipo diferente de problema e tempo de recuperação. Nos casos de tratamento ortodôntico, o procedimento inteiro deve ser acompanhado pelo profissional ortodontista, além de seguir as indicações corretamente. Normalmente, após o uso do aparelho ortodôntico fixo é recomendado utilizar o tipo móvel de contenção. Este item possibilita controlar e manter os resultados alcançados. Mas, e nas situações em que o paciente não usa o aparelho móvel? O especialista Caio Martins explica as consequências desse ato para a saúde bucal.

O tratamento ortodôntico e seu efeito

O tratamento ortodôntico consegue trazer o resultado de um sorriso alinhado e uma boa oclusão, quando seguido corretamente as indicações e cuidados. Com o intuito de movimentar um dente, o ortodontista utiliza maneiras para aplicar uma força específica neste, conseguindo mudar de uma posição para outra. “ Isto causa uma melhora na oclusão, mas gera perdas de fibras ao redor do dente movimentado”, explica o dentista. Essas fibras são responsáveis por dar suporte e estabilidade aos dentes.

E o que fazer após o aparelho fixo?

Pensando no resultado, a retirada do aparelho fixo ocorre quando a movimentação esperada é concluída. Assim, o organismo produz, novamente, novas fibras. Mesmo que isso demore um tempo, o controle após a remoção do aparelho é necessário para ter um resultado mantido a longo prazo. Para isso, o aparelho móvel vem a ser uma grande ajuda para esse alinhamento do sorriso continuar. “A maioria dos pacientes que foram submetidos a tratamentos ortodônticos recebem estes dispositivos para controle”, ressalta o ortodontista.

O que acontece se eu não usar o aparelho móvel?

A indicação do uso do aparelho móvel deve partir do ortodontista, baseado na análise de que isto é importante para o tratamento. “Não decida por conta própria não usar ou parar o uso antes do tempo”, alerta o profissional. Nos casos em que não é utilizado o dispositivo, em alguns dias já pode começar a perceber posições indesejadas nos dentes novamente. Assim como relata Caio, diversos pacientes acabam retornando para as consultas com o desejo de refazer o tratamento, já que o primeiro não foi seguido de maneira correta.

Os cuidados necessários com a contenção ortodôntica móvel

O uso diário da contenção é de suma importância, vindo a se tornar um hábito. Use-a durante o maior tempo possível após tirar o aparelho fixo. A falta desse costume pode contribuir para que o dente saia da posição ou cause um trauma oclusal. De acordo com as observações do ortodontista do seu caso, pode ser diminuído o tempo da contenção. Um exemplo é passar somente a utilizar quando for dormir. “Mas não existe regra, cada paciente tem problemas específicos para tratar”, ressalta o dentista.