Como anda a sua saúde bucal? Responder que está tudo bem porque não vem sentindo nenhuma dor de dente não é garantia de um sorriso saudável. Mas como saber se já faz um tempinho que você não vai ao dentista? Pois é, da mesma maneira que vamos ao médico realizar uma avaliação completa, precisamos ter esse costume com o sorriso e fazer o check-up odontológico. Veja o passo a passo de como encarar o procedimento e por que é importante passar por ele regularmente.

Por que realizar o check-up odontológico?

Você sempre ouviu que em qualquer situação é melhor prevenir do que remediar. E uma simples forma de praticar a prevenção bucal é com o check-up odontológico preventivo. O especialista Johnathan Marcondes explica que você vai em uma consulta com o seu dentista para prevenir problemas bucais ou tratá-los ainda no estado precoce. É uma garantia de manter a sua boca sempre saudável e em equilíbrio com as outras partes do seu corpo. É e muito importante fazer esse procedimento com um dentista de sua confiança.

Quando fazer?

De modo geral, a consulta precisa ser feita regularmente a cada seis meses. Esta indicação é feita para detectar doenças em seu estágio inicial, como a cárie ou a gengivite, tendo a oportunidade de passar por um tratamento menos agressivo. Há alguns casos em que a consulta pode ser anual, isso vai depender bastante da situação de cada paciente. “Pacientes que possuem inúmeras restaurações, histórico de lesões de cáries ou doenças da gengiva são considerados de riscos. Para esses está indicado a revisão semestral”, explica o dentista. Já para aqueles que praticamente não possuem restaurações e têm gengivas saudáveis, além de não fumarem, as revisões podem ser mais espaçadas para uma vez ao ano.

O que podemos descobrir através dele?

Existem muitas doenças bucais que podem ser identificadas e tratadas em fase inicial através do check-up. “Tártaros, inflamações gengivais, defeitos ou infiltração em restaurações antigas e até mesmo lesões de tecidos moles em língua e bochecha, como o próprio câncer de boca”, conta.

No entanto, para que esse procedimento tenha resultados positivos, é importante fazer uma profilaxia com aplicação de flúor nos dentes. Os dentistas também precisam instruir seus pacientes de como utilizar a escova e fio dental corretamente. “Só com uma higiene adequada o paciente terá plena saúde”, garante. Uma alimentação saudável também precisa ser praticada e recomendada.

O check-up é um procedimento tranquilo

Se você está preocupado em fazer check-up, pode ficar tranquilo pois é um procedimento bem simples. Johnathan diz que o procedimento pode ser feito com instrumentos convencionais odontológicos, como o espelho, de uma maneira superficial. Não tenha medo de encarar esse momento, procure seu dentista e agende logo seu check-up!

Para fazer o seu check-up:

1) Encontre um dentista de sua confiança para realizar o procedimento.

2) Tire todas as dúvidas com o profissional sobre os cuidados que você vem praticando com a sua saúde bucal.

3) Se um tratamento for necessário, não deixe de seguir todas as recomendações de higiene dadas pelo seu dentista.

4) Pratique também uma boa alimentação para evitar manchas ou problemas bucais, como a cárie e a erosão dentária.

5) Retorne ao consultório a cada seis meses ou um ano, dependendo do que o especialista recomendar, para outro check-up.