Seu dentista comunica que você vai precisar usar aparelho ortodôntico para corrigir algum problema dentário. Você então se interessou pelo aparelho lingual, pensando no benefício de ninguém perceber o seu tratamento, já que os braquetes ficam presos na parte interna dos dentes. Mas aí outras dúvidas surgem: "será que machuca a língua?", "demora mais para retirar?" ou "é pior para higienizá-lo?". Pensando nisso, convidamos a dentista Andreia Cotrim para desvendar os mitos dessa técnica inovadora. Confira no Sorrisologia.

O aparelho lingual causa lesões na língua?

Mito. Um desconforto inicial pode ocorrer com o uso de qualquer aparelho ortodôntico. É necessário apenas um período de adaptação. "Esse incômodo é rápido, tende a diminuir e sumir após as 72 horas iniciais do tratamento nos dentes", explica Andreia. O aparelho lingual é uma técnica de alta tecnologia, colado na face interna dos dentes, tendo seus braquetes feitos com bordas totalmente polidas e arredondadas, logo, evita qualquer lesão ao paciente.

O tratamento com ortodontia lingual é mais demorado?

Mito. Na verdade, o que faz demorar mais ou menos o tratamento ortodôntico é a maior ou menor oclusão que vai ser corrigida, e não a técnica escolhida para resolver o problema. "Em alguns casos a correção ortodôntica com o uso do aparelho lingual, poderá ser mais rápida uma vez que, esse trabalha com uma distância entre os braquetes menor que o aparelho ortodôntico convencional", comenta.

O aparelho lingual é um tratamento estético?

Verdade. Esse tipo de aparelho é considerado o único tratamento realmente invisível, segundo Andreia. O aparelho lingual permite que o paciente tenha uma total estética mesmo durante a correção ortodôntica. O procedimento pode ser feito em qualquer pessoa, mas são os adultos quem procuram mais por esse tratamento que, por ser mais elegante e discreto, não interfere diretamente na sua aparência e autoestima em ambientes sociais, profissionais e nem nas suas relações pessoais.

É comum o paciente ter dificuldades na fala?

Mito. "Não há dificuldade na fala na grande maioria dos pacientes, nem mesmo no primeiro momento após a colagem do aparelho ortodôntico lingual", afirma a dentista. O que pode acontecer em alguns pacientes é uma pequena alteração na posição da língua, gerando uma mínima diferença na pronúncia das palavras, principalmente as com a letra "s". Porém, Andréia diz que essa mudança desaparece após as três primeiras semanas do início do tratamento com ortodontia lingual.

Por ficar na parte interna, a higiene fica mais difícil?

Mito. Qualquer aparelho ortodôntico, seja convencional ou lingual, que o paciente utilizar vai exigir maiores cuidados no momento da limpeza oral. "Hoje existe no mercado produtos específicos para quem faz uso dessas técnicas de correção dos dentes, facilitando muito todo o processo de higiene e tornando essa etapa do dia a dia mais rápida". Fica a dica da profissional: procure usar escovas interdentais e fio dental mais resistentes ao rompimento e ao desfiamento. Assim fica mais fácil passar pelo tratamento de forma tranquila e saudável.