Produto Relacionado:
Creme Dental Oral-B Pró-Saúde Gengivas Saudáveis
Creme Dental Oral-B Pró-Saúde Gengivas Saudáveis
Saiba mais

Tão desconfortável quanto conviver com alguém que tenha mau hálito, só mesmo passar por esse problema. Mas se a higiene bucal está aparentemente em dia, como explicar o odor ruim que insiste em aparecer? Uma das possíveis respostas para essa pergunta pode ser a retração gengival. E antes que você tente esconder o mau cheiro com balas e chicletes, o especialista em halitose Maurício Duarte conta como descobrir a verdadeira causa faz toda diferença para resolver essa situação.

Não é comum, mas pode acontecer

Apesar de não ser necessariamente uma consequência da retração, o mau hálito pode ser influenciado por essa condição. Mais ainda, ele pode ser resultado de uma higiene deficiente, que se explica por causa do problema. “Determinados tipos de retração podem facilitar a retenção de restos alimentares de difícil remoção. Nesses casos, também pode haver acúmulo de placa e tártaro, gerando uma doença gengival que pode provocar halitose”, esclarece o dentista.

Ainda segundo Maurício, outra decorrência da recessão gengival que pode levar a uma escovação mal feita é a sensibilidade. Isso porque quando a gengiva se movimenta e deixa a superfície próxima da raiz à mostra, o desconforto é inevitável. Essa dor causada pelo dente sensível também pode fazer com que o paciente não realize a higiene de forma correta, deixando mau cheiro no hálito e criando um ambiente ainda mais propício para diversos problemas bucais.

Procure um especialista e resolva a situação

E se descobrir a explicação para o problema é o primeiro passo para resolvê-lo, o segundo, de acordo com o especialista, é procurar ajuda. No caso da halitose causada pela retração, Maurício explica que é possível resolver a situação com a assistência de um profissional. “A melhor forma é corrigir a dor ou o formato da retração restaurando o dente e, ao mesmo tempo, orientar o paciente no que for necessário para que novas retrações não ocorram”. Sendo assim, procure um dentista de sua confiança e recupere a autoestima para falar e sorrir tranquilamente.