Dentes brancos podem até ser um sinal de boa saúde bucal, mas o verdadeiro sorriso perfeito é composto não só deles como também de uma gengiva saudável. É preciso se preocupar com cada detalhe e, por isso, a higiene deve ser pensada para além da superfície dental. Com a ajuda da dentista Danieli Félix, o Sorrisologia pode explicar por quê.

Sua gengiva tem papel importante

Para início de conversa, a especialista deixa claro que manter a gengiva saudável é fundamental para a manutenção do sorriso. “Quando ela está inflamada, com abscessos e doença periodontal, a permanência dos dentes na boca é colocada em risco”, alerta. Isso acontece porque, se uma doença chega até a gengiva, o suporte ósseo dentário é ameaçado e os problemas começam. Para fugir do perigo, analise seus hábitos de higiene mais de perto.

Como é a sua escovação?

Se alguém te perguntasse qual é a sua técnica para escovar os dentes, você saberia descrevê-la? Talvez esse costume tão automático já não seja mais minuciosamente pensado, mas deveria. Segundo a dentista, a maneira como a escovação é realizada também importa para manter a higienização de toda região bucal.

Saiba como realizar a higienização correta da gengiva

A profissional explica que a forma certa é bem específica e deve ser realizada de modo delicado com a escova sobre a gengiva. Assim, ela será massageada e totalmente limpa. “Posicione a escova a partir de um ângulo de 45 graus sobre a gengiva e faça movimentos de varredura em direção a coroa dentária”. E aconselha: nada de força durante a limpeza. “Esse mau hábito pode levar a exposição da raiz do dente, causando danos e sensibilidade”.

Dê atenção ao fio dental

O uso do fio dental, inclusive, merece igual atenção. “Somente ele fará a limpeza das áreas entre os dentes. Saber usá-lo corretamente ajuda a prevenir cáries e inflamação da gengiva”, explica a dentista. Mas, independentemente do tipo, se durante o uso o fio saiu com resquícios de sangue, é sinal de alerta. “Pode existir algum processo inflamatório naquela região, ou então foi aplicada muita força na hora de passar o fio dental”. Em qualquer caso, fique atento e procure ajuda profissional.

Use os utensílios adequados

Além da técnica de escovação, é muito importante selecionar com cuidado todos os utensílios envolvidos no processo. “As escovas, no geral, devem ser macias para não agredir a gengiva e nem desgastar o esmalte dental, além disso, ter cabeça pequena para conseguir alcançar todos os dentes da boca, inclusive os últimos molares”, recomenda.