Desde pequenos recebemos orientações dos responsáveis e dentista para realizarmos a higiene bucal correta. E então, poder escovar os dentes sozinho é uma conquista para a criança. Mas essa não é a única tarefa da limpeza. O fio dental é um item indispensável que ajuda a manter sua boca livre de problemas. Mesmo assim, ainda é comum ver pessoas de diferentes idades deixando de usá-lo, principalmente por não saberem manipular o fio corretamente. Conversamos com o dentista Djalma Faria para entender por que esse hábito ainda é tão resistido por muitas pessoas e qual é a importância do item para a saúde bucal.

Qual é a importância do fio dental?

É comum que as pessoas relacionem a higiene bucal somente à necessidade de escovação. Entretanto, as cerdas da escova de dente não alcançam todos os locais do seu sorriso. Dessa maneira, resíduos de alimentos e placa bacteriana podem continuar alojadas entre os dentes. E é aí que o fio dental entra em ação. O item consegue completar a limpeza da cavidade bucal. “A sua utilização previne placas bacterianas, que acarretam em cáries, tártaro, mau hálito e doenças da gengiva”, completa o profissional.

Por que as pessoas tem dificuldade de usar o fio dental?

Quando o dentista pergunta ao paciente se ele está usando o fio dental, muitos confessam que não conseguem utilizar o item. “Pessoas têm dificuldade em usá-lo por questões de hábito, desde crianças não foram acostumados a usar o fio dental”, esclarece o especialista. Além disso, a preguiça também pode ser um obstáculo, pois o paciente acredita que, somente escovando os dentes, consegue ficar livre de cáries e problemas gengivais. Segundo Djalma, é indicado que o fio dental seja utilizado após as principais refeições do dia, ou seja, café da manhã, almoço e jantar.

Veja as orientações sobre o uso do fio dental

O recomendado pelos profissionais é utilizar o fio dental antes da escovação. “Ao encaixar o fio entre dois dentes, deve-se desliza-lo levemente para cima e para baixo, em um movimento de vai e vem”, orienta o dentista. Vale destacar que o importante é o fio atingir a base dos dentes. Lembre também de realizar a ação com calma e cuidado, para não colocar força e acabar machucando a gengiva.

“A escovação correta e o uso diário do fio dental garantem uma boca saudável, impedindo a formação da placa bacteriana que provoca cáries, tártaro e mau hálito”, destaca ele. Manter a higiene bucal da maneira certa ainda ajuda na prevenção de doenças gengivais, como a gengivite. Quando esse problema não é tratado corretamente, pode evoluir para a periodontite, que atinge o osso de estrutura e suporte do dente.