Os açúcares são nutrientes importantes para o nosso corpo e não devem ser retirados das dietas. Entretanto, é preciso consumir com moderação já que eles também podem ser grandes vilões quando ingeridos da forma e quantidade erradas. Glicose, sacarose e frutose, todos eles são parentes do açúcar e estão presentes em muitos dos alimentos do dia a dia. Mas fique tranquilo, esse não é mais um daqueles milhares de textos confusos que você lê e continua em dúvidas. Entenda sobre cada tipo de açúcar e como cuidar da saúde dos seus dentes da melhor forma.

Qual é o papel do açúcar, afinal?

O papel principal do açúcar é ser fonte de energia. Apesar da gordura e proteína também terem essa responsabilidade, uma alimentação com apenas essas duas fontes seria insatisfatória para o organismo. Os açúcares também regulam o metabolismo protéico poupando proteínas, além de funcionarem como condutores que levam essas proteínas para a localização certa.

O que é glicose?

A glicose é do grupo de açúcares simples (chamados monossacarídeos). Ele é transportado pela corrente sanguínea e usado como fonte de energia. As principais fontes de glicose são: frutas, milho doce, xarope de milho, arroz, batata e mandioca.

O que é sacarose?

Esse é o açúcar do cafézinho, aquele branquinho mesmo que fica na mesa. A sacarose pode ser bastante prejudicial para a saúde. É encontrado na cana-de-açúcar, mel, raízes de beterraba, ao lado da glicose em certas frutas e em outras plantas. 

O que é frutose?

Está presente naturalmente nas frutas, no açúcar de cana e no mel, e é bastante doce. É o mais usado pelas indústrias na fabricação de sucos e refrigerantes, ou seja, podem ser bem prejudiciais.

Açúcar x saúde bucal

Independente do açúcar,  quando ingeridos em excesso podem causar diversos problemas para a saúde do corpo e, claro, dos dentes. A cárie é a principal doença formada pela pessoa que consome muitos alimentos ricos em carboidratos e açúcares e não faz a higienização correta. As bactérias ficam livres para entrar em ação e se alimentam de resíduos que ficam no dente transformando-os em ácido que destrói o esmalte. A cárie é só o início de uma série de doenças bucais que podem levar à perda do dente.

Hábitos saudáveis de higienização

Todo mundo gosta de um doce. Descobrimos essa delícia ainda na infância e, muito certamente, esse gosto perdura até a vida adulta. No entanto, especialistas já esclareceram que não se trata de uma desordem, mas de uma predisposição genética. Por isso, não adianta querer vetar o consumo.

A alternativa que ajuda a lidar com esse impasse entre comer um doce e ter dentes saudáveis é mais simples do que você imagina. Chama-se higiene bucal. Escovar bem os dentes após as refeições, passar fio dental pelo menos uma vez ao dia e fazer uso de cremes dentais que contenham flúor, para remover bem a placa bacteriana. Tudo isso contribui para que seus dentes não sofram com a ação dessas bactérias. Mande todas elas pra bem longe!