Produto Relacionado:
Escova Dental Oral-B Pro-Saúde Sensi-Soft
Escova Dental Oral-B Pro-Saúde Sensi-Soft
Saiba mais

A escova de dente é um utensílio que não pode faltar na sua higiene bucal, seja ela manual ou elétrica. E não é só o modo de utilizar essa ferramenta que influencia na saúde do seu sorriso. Todos os detalhes também somam pontos para uma boa limpeza, como as cerdas, o tamanho da cabeça e até mesmo o cabo que pode ser emborrachado ou liso. Você sabe quais são as diferenças entre eles? O Sorrisologia junto com a dentista Rhianna Barreto explicam que este detalhe pode tornar seu ritual higiênico ainda melhor.

Cabo emborrachado ou liso, faz diferença na escovação?

Para começo de conversa, o tipo de material utilizado no cabo da escova não influencia diretamente na escovação, mas ele pode facilitar o manuseio da ferramenta para que você se sinta mais confortável em fazer os movimentos durante a limpeza. "O cabo emborrachado tem textura macia e se adapta facilmente às mãos, principalmente das crianças, evitando que a escova escorregue causando acidentes". Muito bom para o seu pequeno, não é mesmo?

Mas é importante ficar de olho, pois os emborrachados costumam acumular fungos por conta da umidade. Seque bem a sua escova antes de guardar em um local apropriado. Já o acessório com cabo liso precisa ser usado por alguém que tenha controle em fazer esse ritual higiênico e deve ser longo o bastante para alcançar os dentes mais escondidos.

Escova com cabo emborrachado

As escovas com cabo emborrachado se adaptam a qualquer faixa etária, desde o bebê até a idade adulta. Rhianna conta que esse é o melhor modelo a ser adotado para uma primeira escova de dente. "Deve-se iniciar a escovação logo após o aparecimento do primeiro dente no bebê e, neste caso, iniciar com uma escova com cabo que permita um bom apoio para o adulto que irá fazer a escovação do bebê, podendo ser emborrachado para dar maior estabilidade".

O ideal que esse tipo de cabo seja utilizado pela criança até adquirir total desenvolvimento motor da ferramenta que, segundo a especialista, acontece por volta dos 7 anos. "O importante é que o cabo seja flexível para que a escova se modele naturalmente à forma do arco dental absorvendo cargas excessivas durante o ato da escovação".

Escova com cabo liso

As escovas de cabo liso também não possuem restrições de uso, porém é mais indicada para adolescentes e adultos que possuam coordenação suficiente para escovar os dentes. “Desde que seja ergonômico e possibilite uma empunhadura confortável", reforça a profissional. A indicação é que esse cabo seja longo o suficiente para proporcionar aderência adequada e confortável, dando controle e movimento precisos, permitindo que ela chegue aos dentes posteriores (os molares, pré-molares e os sisos).

A escova ideal para a sua boca

Uma escova de dente não deve ser considerada apenas por sua cor ou modelo de última geração. Segundo a American Dental Association (ADA), essa ferramenta, para ser satisfatória, deve apresentar algumas características:

1) Tufos com o mesmo comprimento
2) Cabeça e hastes situadas em um mesmo eixo
3) Leveza
4) Impermeável à umidade
5) Fácil limpeza
6) Cabeça contendo 3x6 tufos
7) Cerdas de nylon
8) Fácil manipulação
9) Durabilidade
10) Eficácia

Para Rhianna, o importante é que o cabo da escova tenha um design que possibilite a utilização correta durante a higiene. "A escova deve ficar inclinada em um ângulo de 45°, em que a metade das cerdas fique apoiada sobre a coroa dental e metade apoiada sobre a margem gengival". Viu só como esse detalhe faz diferença?