Quando você colocou o aparelho, provavelmente, recebeu indicações de novos produtos para completar o seu kit de higiene bucal. Mas você sabe o jeito certo de utilizar cada um deles? Quando falamos da limpeza de um sorriso metálico, não basta escovar os dentes com uma escova convencional, é preciso ter as ferramentas certas e saber a técnica correta para este momento. Para acabar com as dúvidas e praticar esse ritual com a segurança de um sorriso saudável, convidamos o ortodontista Robson Caumo, que vai esclarecer todos os pontos da escovação ortodôntica.

Como escovar os dentes com aparelho

Você pode não saber, mas existem várias técnicas de escovação descritas pela odontologia. No entanto, para os pacientes ortodônticos, o especialista recomenda  o que costuma ensinar para os seus pacientes. "A escova é movida no sentido horizontal, no movimento de ‘vai e vem’, de preferência com uma leve inclinação no sentido da gengiva, a fim de limpar uma pequena porção do dente que fica sob o tecido”, explica.

Pode não parecer, mas até o creme dental precisa ser pensado nesses casos. Robson ressalta que aqueles produtos com ação clareadora podem ser um problema para pacientes ortodônticos. “Eles podem gerar manchamentos ou leve clareamento na porção dos dentes onde o 'bráquete' não está colado, podendo assim clarear somente a porção sem aparelho”, diz.

Os itens de higiene bucal que você precisa

Dentre todos os produtos para manter os dentes e o aparelho ortodôntico limpos, o principal a ser considerado é a escova ortodôntica, que deve ser sempre macia. Outro utensílio necessário para uma boa higienização é o fio dental. “Ele pode ser usado com o passa fio, um condutor que auxilia a passagem do produto entre os dentes”, orienta o profissional.

A escova interdental está incluída nessa higiene, fazendo uma limpeza mais refinada em todos os cantos do aparelho. Entretanto, Robson explica que, apesar das ferramentas certas fazerem a diferença, o mais importante a ser destacado é a técnica em si: sem pressa, gastando pelo menos dois minutos para finalizar a escovação.

O jeito certo de passar o fio dental

Antes de iniciar a técnica, é importante adquirir um fio encerado, que desliza melhor entre os dentes, diminuindo o risco de machucar a gengiva. O ortodontista diz que a melhor forma de utilizar o produto é com movimentos de polimento. “Após passar pelo contato entre os dentes, o fio dental deve deslizar pelos dentes, indo até a parte próxima da gengiva, de um lado e do outro”. Para isso, use um pedaço com, mais ou menos, 50 cm de comprimento, sempre descartando aquela parte já usada.

Ir ao dentista para limpeza e manutenção

Ao menos todo mês o paciente precisa ir ao ortodontista para realizar as consultas de manutenção do aparelho. Nesse momento, é possível descobrir se o mesmo precisa de uma profilaxia. Essa decisão vai depender muito de como a pessoa realiza a higiene bucal. “Pacientes com dentes e o aparelho bem limpos, o procedimento é recomendado a cada seis meses, mas o ideal é realizar uma limpeza mais profunda de três em três meses”. Tudo isso garante a saúde dos dentes, gengivas e de todo sorriso.