Produto Relacionado:
Antisséptico bucal Pro-Saúde Noite
Antisséptico bucal Pro-Saúde Noite
Compre aqui

Você sente dor e estalos no maxilar ou percebe alguma dificuldade na hora de abrir e fechar a boca? Pode ser que seu problema esteja na articulação temporomandibular (ATM). Se estes incômodos permanecerem por um bom tempo, acabam causando a disfunção da ATM. Aí, todo o caso clínico fica ainda mais complicado. Para que nenhum mal-estar aconteça, é sempre melhor prevenir desde o início. O cirurgião-bucomaxilar Diego Limoeiro conta ao Sorrisologia os métodos capazes de aliviar e deter todas essas complicações.

Evitando os incômodos nas articulações

Para manter essa área longe de problemas, a melhor solução é uma consulta com cirurgião-dentista. Através de uma análise clínica, ele indicará se há necessidade de acompanhamento com um especialista em DTM. Nesta hora, é importante que a pessoa tenha total participação na consulta, dizendo se sente algum incômodo na região. "Caso o paciente sinta apertamento dentário ou ranger de dentes (bruxismo), dor na musculatura ao mastigar, ou alguns estalos e sons de areia na articulação, principalmente com dor, deve falar", explica Diego. Para estes casos, a Sociedade Brasileira de Disfunção temporomandibular e Dor orofacial (SBDOF), conta com diversos profissionais que tratam de pacientes com esse problema.

Acabe com o estresse e as dores na ATM

Associado a sintomas de ansiedade, o estresse tem mostrado muita relação com o apertamento dos dentes durante o dia, chamado de bruxismo diurno, que pode levar ao aparecimento da doença. "Em alguns casos fazemos uma análise completa do paciente através de questionários validados e testados. Se verificamos traços de depressão, ansiedade e somatização em um nível considerado acima da média, encaminhamos o paciente para terapia cognitiva comportamental", atenta o especialista. Isso é mais comum naqueles pacientes de dor crônica. Entretanto, pacientes que começam a passar por momentos mais estressantes na vida pode ser um início para o aparecimento das dores.

Tratamentos que amenizam os incômodos

Para cada complicação, existe uma forma de tratamento diferente. Diego garante que existem diversas linhas de pesquisas, especialmente nas condições articulares com desordens degenerativas que têm mostrado um resultado promissor nesta área, bem como a terapia celular. "O especialista tem a capacidade de diagnosticar e indicar cada etapa do tratamento, seja o uso de uma placa estabilizadora até a indicação de profissionais em áreas conexas, especialmente, fisioterapeutas, neurologistas e psicólogos".

O cirurgião conta que a fisioterapia é sempre uma boa opção para tratar destes problemas. "Quando trabalhada por profissionais capacitados nesta área, é um ponto chave no tratamento". A área bucomaxilar é a especialidade odontológica que mais necessita da interação entre dentista e paciente. Então, para que o tratamento dê certo, a pessoa precisa se sentir parte da ação e cooperar ativamente nas sessões. Assim fica mais fácil cuidar da saúde do seu sorriso.