Produto Relacionado:
Escova Dental Oral-b Pro-Saúde Antibacteriana
Escova Dental Oral-b Pro-Saúde Antibacteriana
Saiba mais

Você está seguindo à risca todas as etapas de uma boa higiene oral. Escova os dentes e gengiva, usa um creme dental poderoso, e claro, nunca se esquece do fio dental. Mas será que algo não está passando despercebido? A utilização de uma escova adequada às suas necessidades é essencial para esse processo de limpeza. E como se sabe, o acúmulo de placa bacteriana pode trazer sérios problemas para a sua saúde bucal. O dentista Leonardo Costa dá as dicas de como escolher a ferramenta certa para o seu sorriso ser impecável.

Depende de você

A escova é uma das principais ferramentas para a boa higiene oral. Mas o resultado depende da sua atenção a esse instrumento, já que a remoção da placa bacteriana que está sobre os dentes e gengivas é de forma mecânica, isto é, você a fará. "Uma escova inadequada e usada de forma incorreta pode levar a diversos problemas orais, como cáries, gengivite e periodontite, e estas doenças podem até levar à perda dos dentes", alerta o dentista. E claro, não se deve esquecer que o uso do fio dental é fundamental para retirada de placa e restos de alimentos entre os dentes.

Como saber qual é a escova certa?

Não tem jeito, a melhor maneira de saber qual é a escova correta que você deve usar é a partir de uma consulta com um dentista. "Ele saberá indicar a escova ou as escovas ideais para cada pessoa", afirma Leonardo. Além disso, no consultório, o profissional vai poder instruir o paciente quanto à forma correta de higiene oral, ou seja, você vai conhecer as técnicas de uma boa limpeza oral e as ferramentas necessárias para praticá-la, como as escovas, o fio e o creme dental adequados.

Cada escova, uma escovação diferente

Sim, a escova influencia no modo de escovar os dentes e gengivas, segundo Leonardo. Existem diversas técnicas de escovação de acordo com o modelo de escova, e até mesmo por causa dos diversos tipo de escova, como as tradicionais e as especiais. "O dentista é que vai selecionar as técnicas e as ferramentas ideais para seu paciente de acordo com a sua necessidade". Isso significa que a avaliação depende, por exemplo, se os dentes são naturais, se você usa aparelho ortodôntico ou se usa próteses, etc.

Eliminando a placa bacteriana do jeito certo

É imprescindível a realização da limpeza oral de forma correta, utilizando o fio dental, escova e creme dental pelo menos após as principais refeições. Mas o dentista dá a dica: esperar no mínimo 30 minutos após a alimentação para fazer a higienização bucal. "Esta medida tem como objetivo deixar a saliva agir e neutralizar o pH dos alimentos ácidos, que danificariam a superfície dental, caso seja feita a escovação imediatamente depois de consumi-los", finaliza.